Seguidores

Google+ Followers

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

domingo, 15 de outubro de 2017

As implicações de robôs sexuais em nossa sociedade

Trago a vocês um assunto polêmico, não pela parte masculina, mas sim para os movimentos feministas e “especialistas”. Decidi escrever esse post após meu feed do Facebook ser tido enxurrada de comentários de mulheres revoltadas com essa notícia.

Absurdo: homens destroem e estupram robô sexual em feira em Barcelona
Boneco estava em exposição e acabou sendo estuprado por vários homens que deixaram o robô em pedaços.

Não só saiu nesse confiadíssimo portal de notícias, como também no Tecmundo e outros sites de tecnologia. Nas postagens “originais”, o texto não era tão absurdo, já que era apenas mais um objeto em uma exposição de uma feira de tecnologia, onde os visitantes podiam tocar na boneca, mover suas articulações e etc. Mas por falha de projeto e fragilidade nos componentes a boneca não aguentou a manipulação e quebrou. O polêmico estupro só ocorreu em postagens posteriores de outros portais de notícias não ligados a tecnologia.

Então resolvi escrever esse texto, não pelo suposto estupro, mas pelo chororô, vitimismo, lógica non sequitur e sofismas, nos comentários dessas postagens, pois todo mundo já está de saco cheio disso.

Quais seriam as implicações de bonecas/robôs sexuais em nossa sociedade no aspecto social e econômico?
Gigolo Joe e Gigolo Jane em IA - Inteligência Artifical
Gigolôs em AI - Inteligência Artificial

Implicações econômicas

O homem solteiro gasta menos – Esse é um fato incontestável, nos só gastamos com supérfluos quando é obrigado. Os maiores gastos do homem estão sempre ligados com a filosofia do Píton. O homem só faz as coisas para pegar mulher. Sem uma companheira, o nosso desodorante seria leite de magnésia. Roupas só compraríamos quando as mesmas já estivessem gastas, tênis e sapatos dos mais baratos possíveis, apenas para proteger os pés e sendo apenas 2 pares para intercalar e não ter chulé. Cabelo sempre raspado a máquina, ou grande, mas amarrado para não dar trabalho, barba a mesma coisa. Tudo lavado com sabão de coco ou qualquer outro em barra genérico. As únicas preocupações reais com gastos seriam com a higiene e saúde. Poucos eletrodomésticos e itens de cozinha, cama, mesa e banho, só o essencial e mais nada. Os Hobbies masculinos tem custos ínfimos, pois sempre são bastante baratos como trilhas, acampamentos, corrida, ciclismo, natação, lutas e etc.

O faturamento de restaurantes, boates, raves, casas de tolerância ou qualquer outro tipo de negócio que usa a isca feminina como atração da carteira masculina teriam seus lucros completamente minguados.

Indústria do casamento – O homem sem a pressão de uma companheira que quer mostrar para seu círculo social que não ficou para a titia, não tem nem a dor de cabeça e nem os custos exorbitantes que um casamento e um futuro divórcio podem trazer. Não é regra, mas é comum as mulheres se transformarem ao ter o papel passado. O relacionamento deixa de ser entre dois indivíduos, para ter um 3º envolvido que neste caso é o estado, este muito mais poderoso, coercitivo e imoral do que um relacionamento poderia tornar.

O homem sem a exigências de um casamento, não tem o porquê de gastar milhares de Cunhas em uma festa que será dada para os outros. Não terá que gastar em uma viagem de núpcias, não terá que entrar em financiamento de uma casa (quem casa quer casa), não terá de gastar com carro, roupa, decoração e tudo o que sua amada exigir após a assinatura da venda de sua alma. Já que agora estão em uma etapa “mais séria” do relacionamento. Como nossa cultura e sociedade está cada vez mais destruída, se não conseguirem um cafofo mesmo que seja de aluguel no bairro onde estão todos os conhecidos e parentes, será jogado todo santo dia em sua cara o quanto é fracassado por não conseguir uma moradia um bairro bom, só que ela não percebe que nosso atual dinheiro vale 10x menos que os dos nossos pais e menos ainda que de nossos avós. E que o custo da festa + vestido + comes e bebes seria o suficiente para dar a entrada para abater nas 360 parcelas do minha casa minha dívida. “ahh mas o dinheiro é dos dois...” Sim o dinheiro dos 2 é para ela e o que sobra é pra casa, Jão que se vire pra conseguir pagar as contas, o feminismo tirou a mulher de casa, mas não tirou da carteira do homem.

Como as atuais mulheres são tóxicas é certeiro que o feliz casamento não durará muito. Então entra o estado na equação, com seus advogados, defensores públicos, varas, tribunais, juízes e os mais diferenciados funças, tudo para arbitrar parcialmente um contrato que deveria ser apenas entre indivíduos. Depenando o Jão e deixando com dividas até a 3ª geração dele (caso ainda tenha energias para passar seus genes para frente).

O homem sem a armadilha do casamento não financia festas, viagens de núpcias, advogados e qualquer outro tipo de funça (pelo menos não nessa esfera). O homem livre é impossível de ser extorquido.

Indústria Infantil – Por procurar menos sexo biológico com humanos do sexo feminino. Menos crianças irão ser geradas, criando uma crise e reformulação da indústria de brinquedos, filmes, desenhos, fraldas, pomadas, lenços umedecidos e etc.

Com menos dinheiro circulando, menos impostos serão arrecadados, menos poderoso e manipulador o estado será. Sem dinheiro sobrando, os primeiros a perder seus gordos financiamentos serão as áreas artísticas, ONGs e todas as agências paraestatais. Ou o estado e seus agentes deixarão a máscara humanista de lado e irão demonstrar seu real interesse na escravização da humanidade, apertando o cerco para sonegadores, aumentando penas e tomando todos os meios de produção para si.

Implicações sociais

Diferente do que “especialistas”, cientistas¹ e feministas dizem, o homem não objetificará a mulher. Muito pelo contrário, por ser menos refém de sua libido (o homem tem 10x mais testosterona que a mulher), pois o sexo está sendo suprido, o homem deixará de dar tanta importância a elas, passando as tratar como elas realmente são – irritantes, inconvenientes, conflitantes, semelhantes a eunucos - tirando suas vantagens sociais e sexual sobre coisas triviais, acabando com o ginocentrismo, conquistando finalmente o objetivo tão sonhado do feminismo que é o de ferrar com a vida da mulher tornando-a igual ao homem.

Prova disso é essa reportagem de um japonês casado que tem 2 filhos e mesmo assim tem sua boneca sexual.

Japoneses encontram o amor em bonecas de silicone
Japonês aproveitando a paisagem com boneca sexual
Japonês aproveitando a paisagem com boneca sexual

A esposa como qualquer outra mulher, depois dos filhos (fim sexual feminino) deixou de comparecer e perdeu espaço para a boneca, hoje se lamenta, pois se limita apenas o trabalho doméstico. Ela não foi objetificada, desrespeitada, estuprada ou rejeitada, mas somente ignorada. Um relacionamento é feito de concessões. O sexo para o homem é o fim, para a mulher é o meio (filhos são a finalidade). O “barato” do homem acaba logo, por isso ele sempre está à procura de mais, o da mulher (geralmente) se completa na geração e criação dos filhos, por isso é muito mais duradouro. Se não há mais sexo, o relacionamento esfria, por isso o homem vai à procura de outras que possam suprir sua necessidade básica nos prostíbulos, arranja amantes ou mesmo se masturba. É um direito natural biológico do homem ser polígamo (Esther Vilar, 1976). Uma boneca dessas não passa de um grande consolo masculino sexual ou até mesmo afetivo, por causa da toxidade feminina atual.

Pirâmide de Maslow

Por isso apesar dos “especialistas”² ainda acharem incomum, matérias serem criadas com tom de deboche (Bonecas sexuais realistas prometem te fazer esquecer das mulheres de carne e osso; será?), até mesmo rechaçar os proprietários dessas bonecas como uma afronta a sociedade atual e usar de tom alarmista para uso de inteligência artificial. Pesquisas já mostram que mais da metade das pessoas não considerariam traição fazer sexo com essas bonecas.

Metade dos americanos acredita que fazer sexo com robôs será comum em 2067

O que mais afeta socialmente é a diminuição do consumo, arrecadação de impostos, controle da sociedade através da constante problematização de problemas que não existem, ou se existem são inflados para justificar o financiamento de intelectuais, ONGs e etc. Pois sem o governo, a livre iniciativa das pessoas nunca que iriam financiar intelectuais que nada produzem ou traz algo de positivo para a sociedade. (Rothbard, 1968). O coletivismo e escravização geral da humanidade cairá por terra. O homem não será mais escravo da mulher e suas manipulações, estas que são primeiramente manipuladas pelas “grandes mentes” influenciadoras e movimentos culturais, primeiras vítimas de engenharia social. Como escrito acima, pela filosofia de Píton o homem só faz as coisas é para conquistar mulher, principalmente seu sexo, sem o fator sexo na jogada, terão que deixar de serem eternas crianças carentes de proteção (Esther Vilar, 1976), para se desenvolverem intelectualmente e tornarem finalmente independentes, tendo que gerar atração pela sua personalidade e inteligência e não apenas em um corpo bonito. O que se torna mais um problema para os estatistas, já que a mulher deixaria de ser dependente do estado, clamando por cada vez mais “direitos”, sendo independente, diferente do que ocorre hoje, onde nossas leis só trocaram a carteira e tutela do homem, pela carteira e tutela coletivista do estado.

Como o demonstrado acima, a preocupação dos cientistas, não passam de preocupações financeiras travestidas de questões sociais, pois como um advogado de causa própria, se não há problemas para criar, não há porque eles receberem por suas pesquisas nas áreas sociais com sua pseudociência e cientificismo. Tanto que ainda não se popularizou e já estão querendo criar leis para restringir a fabricação e comércio (fonte no final).

A fabricação e comercialização desses robôs é inevitável na evolução humana, tanto que os filmes futuristas como Blade Runner e AI – Inteligência artificial, já cantou a bola, mostrando replicantes e androids realizando serviços sexuais. Humanos não se aturam desde de sempre, o comércio nos tornou mais tolerante uns aos outros, restrições só nós deixam mais pobres, infelizes e revoltados. A restrição da liberdade individual e o desrespeito a propriedade privada é a maior causa de violência e guerras, basta fazer a relação do número de homicídios com o índice de liberdade dos países. Restringir até esfera sexual dos indivíduos proibindo o amor (mesmo que simulado) de uma Inteligência artificial chega ser desumano.

Os bordéis austríacos com esse tipo de bonecas, já são realidade e são preferência entre seus frequentadores.

Ser contra a robotização sexual, é ser contra a liberdade do homem. A libertação de sua libido e a pacificação da sociedade.

Claro que o assunto é muito mais amplo que esse texto, se fosse escrever sobre todos os aspectos e implicações, nunca que terminaria. Só a quantidade de referências já dão uma boa introdução para o entendimento do assunto. Tudo o que podemos dizer é que se tem estatista achando ruim é porque é bom.


E o preço? Ah está cada vez mais acessível, já está mais barato que o financiamento de uma moto.

Abraços e até o próximo fechamento!

__
¹Os usos sexuais de robôs que estão preocupando cientistas
²Estudo aponta riscos relacionados ao uso de “robôs sexuais”
O Sexo Polígamo - o Direito do Homem a Duas Mulheres – Vilar, Esther (1976)
A Anatomia do Estado - Rothbard, Murray (1968)

34 comentários:

  1. Não sei, PS.
    Acho que aquela prostituição só para aliviar os bagos vai sofrer.
    Acho que mulher muito feia vai sofrer. Tipo pq vou aturar esse dragão por um sexo meia boca se tem uma boneca que me dá uma sensação próxima ?
    As bonitas vão continuar a ser disputadas.
    Tem a questão do psicológico do homem, de querer conquistar, desfilar com a gostosa no shopping.

    Outra coisa, antes de bonecas realistas acho que os óculos de Realidade Virtual serão a nova válvula de escape dos betas.

    Eu já vi um porno em que foi filmado no ponto de vista do ator em que a atriz chupava o cara em óculos de realidade virtual. Interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para os pobres lascados e moradores de um socialistão como a banânia o VR é a solução mais viável e barata. Por menos de vintão já dá pra comprar aquele cardboard e qualquer celular meia boca atual já faz o serviço.

      Nem toda mulher bonita é boa de cama. Por isso eu tenho certeza que até as bonitas irão deixar de ser tão desejadas. Continuarão sendo, mas com menos intensidade.

      O ideal humano nunca vai ser deixado de lado, por isso os(as) que tiverem os melhores corpos ainda vencerão.

      Ah esqueci de colocar no post, mas há também bonecos masculinos. Ou seja, até nisso os betas irão sofrer. Solução? Desenvolva-se, financeiramente, intelectualmente e fisicamente.

      Abraços!

      Excluir
  2. Se tiver um robô masculino eu compro pra me dar prazer, porque não? Sexo seguro, sem discussões ou desaforos, no meu tempo do meu jeito, se for possível personalizá-lo na aparência porque não realizar essa fantasia? O único problema seria em relação aos sentimentos, sexo é uma coisa, mas fazer amor é beemmmm diferente e acredito que robô nenhum poderá fazer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem disse que não? As pessoas gostam de ser enganadas. Garanto que uma inteligência artificial bem trabalhada irá enganar muito bem os humanos, até simulando o amor verdadeiro.

      Tem sim bonecos masculinos. Encomende o seu! hahaha

      Abraços!

      Excluir
  3. KKKKK Foi bem profundo nessas análises hein

    ResponderExcluir
  4. Muito bom seu post PS!!!! A tendência é essa. Milito um pouco na área de família e o que mais vejo é divórcio. As mulheres são as que mais pedem a alforria e levam junto metade dos bens a que tem direito. Não obstante, ainda vejo clientes reclamando que estão sem sexo com a parceira há muitos meses e até anos. Teve um senhor de 65 anos que atendi. Ele veio me desabafar dizendo que estava há uns 15 anos sem transar com a esposa. A sua respectiva conjuge o incentivava ainda a procurar fora, pois ela não tinha um mínimo de libido com o mesmo, é mole? Pois é. Isso é a vida como ela é (ainda farei um topico no meu blog sobre isso). Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz mesmo Gari, quanto mais relatos de experientes na área melhor. Não acho absurdas essas histórias, acho até banais. É a simples e pura biologia que a esquerda faz questão de ignorar, já que é um empecilho e atrapalha seus planos.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
  5. As máquinas vão substituir o ser humano. Imagine uma pessoa sem defeitos humanos. Triste, talvez, mas vai acontecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não em todas as áreas, pelo menos por enquanto. As máquinas ainda são muito falhas, mas pode crer que quando elas se replicarem até os globalistas estarão em perigo.

      Quais seriam os objetivos conscientes de uma máquina? Ninguém poderá prever.

      Convivência pacifica com humanos? Eliminação total dos mesmos? Exploração de outros sistemas solares? Só o tempo dirá!

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
  6. Rapaz, nem preciso de tanto, vou te falar que ultimamente visitas regulares ao redtube já me são suficientes para poupar tempo e dinheiro correndo correndo atras de mulheres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha

      Uma hora nossas companheiras direita e esquerda se cansam. Aí tem que partir pra algo mais aconchegante.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
    2. PS, aproveitando, deixe-me perguntar, como faço para acessar um dos melhores blogs do seu blogroll que agora está bloqueado para não convidados, me refiro ao "Hipocrisia Feminina".

      Abraços.

      Excluir
    3. Sinceramente? Não faço ideia. Se souber me conta também porquê eu usava ele como uma âncora para a realidade.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
  7. Não, robôs domésticos que lavam louça e limpam banheiro já esta de bom tamanho pra mim. Jamais as maquinas vão substituir a interação sexual com humanos. Maquinas fazendo "amor" com outras maquinas e recriando-se é possível. Mas do contrario é uma aberração da natureza. Grande bosta fazer "sexo" com um robô maldito. Oque já esta acontecendo é que as maquinas estão recolhendo informações de todas as áreas e a IA do sistema esta jogando isto contra nós em todas as possibilidades possíveis e inimagináveis. Os programadores e os donos dos robôs continuam com a sua família numerosa e copulando sem parar com as melhores éguas. Muitos cavalos, poucos reprodutores. Esqueça, punheta e sexo com robô é coisa de retardado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De uma coisa eu tenho certeza, você não é um desses reprodutores.

      Deixe os retardados serem felizes, ou você se incomoda com isso?

      Abraços!

      Excluir
  8. Existe um mercado trilionário com essas bonecas sexuais, por isso que empresas investem pesado para deixar elas mais realistas, tem até pesquisas para criar tecidos que imitam a pele humana, imagina uma boneca com pele sintética similar a dos humanos que emitem calor, junto com uma IA, eu compraria com certeza.

    Esse futuro vai chegar logo, vejam que já tem feministas chorando e querendo barrar essas bonecas, porque sabem que o fim dos privilégios femininos vai acabar e vão se tornar cidadãs de segunda classe novamente.

    Essa revolução masculina vai ser épica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito anôn! Pegou o espírito do post!

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
  9. Excelente texto, Pobre Sofredor. Eu realmente acho que os rôbos sexuais serão vantajosos para o homem e sou um defensor da comercialização e fabricação deles.

    Não existe argumento lógico para ser contra porque afinal não passa de uma forma elaborada de masturbação, o que existe são só falácias ditatoriais. Se as mulheres podem ter vibradores e outros apetrechos porque o homem não poderia usar uma boneca/robô? As feminazis já sacaram que vão perder o pedestal de deuses e já estão chorando como você e os anons disseram, mas de nada vai adiantar. E quando eu tiver dinheiro para tal também vou adquirir uma para mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a tendência é ficar cada vez melhores e baratas.

      Tem a venda algumas simples no aliexpress por 300 doletas. As mais realistas dá para encomendar de vários preços, já que vai depender das características e adicionais, igual carro quando compramos carros.

      Não adianta as feminazis espernearem, nós que as bancamos através de impostos. Elas esquecem que quem tem o dinheiro, detém o poder. No final, o dinheiro vence tudo!

      O mercado pede por uma namorada robótica e ninguém vai impedir das empresas suprirem as necessidades desses clientes.

      Abraços e volte sempre.

      Excluir
  10. Concordo com o anon das 18:09 "muitos cavalos". É claro que a industria das bonecas já lucra milhares, e quando lançar aquelas bonecas tipo da imagem do filme, ai que eles vão dominar o mundo. Acho que boa parte do brasil vai se tornar elysium até lá. Se já tem milhões de gente idiota para satisfazer sua sexualidade falida com bonecas infláveis e masturbação. Imagine quando lançarem estes robôs lindos. Vai ter até casamento com robô dai. Fora que a revolução 4.0 esta batendo na porta das empresas aqui e vai ter mais milhões de desempregados. Muitas cidades do brasil já estão parecidas com elysium! Salve se quem quiser e puder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já discordo. O pessoal está com um pensamento mais liberal, continua positivista com a intenção de voto no Bolsonaro, mas temos que agradecer a Dilmanta por dar um gosto de socialismo ao brasileiro e mostrar a mídia e governo que não queremos a venezualização do país.

      Apoio o separatismo irrestrito, pois assim os políticos terão cada vez mais dificuldades de transformar isso aqui em um Elysium. I want to believe! hahaha

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
    2. Concordo com o anon 16/10 18:09. Já estão implantando o chip e vai ficar pior. Salve se quem quiser e resguardar dinheiro é prioridade. Esta crise não é nada perante o que esta por vir. Somos um povo burro e domesticado pelos satanistas. Vão estudar geometria e gematria pra aprenderem algo. 99 % manipulados. VISH, uma coisa que o billy das 18:09 tem razão, o mundo esta repleto de retardados pra ficarem lendo estas porras. Manipula ou é manipulado, é limpo ou sujo, útil ou inútil. PORRA, porque fui entrar logo hj no blog do seu madruga e ver estes blogs de merda acoplados. É pobreza pra tudo que é lado, estes maçons arrombados. Vai tomar no seu cú maluco! Pobre sofredor é o caralho. Fica ai se pagando de vitima. O que o pobre tem a contribuir? NADA, nem com ele mesmo e muito menos com os outros. A melhor coisa é evitar o contato com este tipo de pessoa e já cortar o mal pela raiz. E você é um pangaré seu arrombado. Deve ser aqueles maçons fracassados.. VSF

      Excluir
    3. Inclusão digital, a gente vê por aqui.

      Excluir
  11. Kkkkk nunca tinha parado pra pensar nesses pontos, PS.

    Realmente, fazem mto sentido os argumentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora você tem um contraponto aos argumentos das criançonas.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
  12. https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2017/10/19/rio-tem-mais-de-1-milhao-de-desempregados-pior-tempo-da-minha-vida.htm

    Lembrei de voce já que mora no RJ quando vi esta reportagem. Situação caótica. Até advogado, engenheiro passando fome no rio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a velha história da oferta e procura, em toda esquina tem Advogado e engenheiro. Tem até engenheiro advogado e Advogado engenheiro. Engenheiro pipoqueiro, engenheiro camelô.

      A situação tá tão feia no RJ que todo dia aparece no jornal filas que contornam quarteirões. Só consegui emprego graças a indicação. O segredo é sempre aparecer, pois quem aparece não é esquecido. É o famoso networking que ninguém dá importância. Sem isso estaria ferrado até agora.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir
    2. Como diria o Bastter, "a era dos empregos acabou".

      Excluir
  13. que texto interessante parabéns.

    esperando ansioso por essas maravilhosas bonecas sexuais, que iram salvar o beta do sofrimento sexual...

    ResponderExcluir
  14. volto aqui 1 ou 2x por mês para ler este maravilhoso texto. É engraçado q as condições do homem que já perdeu as esperanças com as civis, e eventualmente suprindo suas necessidades com meretrizes, são muto semelhantes á estes que optam pelo uso de maravilhosos robôs sexuais. Mulheres não valem a pena, são o mau da sociedade. Por outro lado é o q impulsiona o homem, mergulhado em seus piores sentimentos, chacoalhar a sociedade com guerras e intrigas, fazendo todos, os bons e os maus, os burros e inteligentes, os dispostos a morrer e os não, a se moverem, produzir, criar,destruir, recriar, inovar, destronar, juntar, dividir, fazer e desfazer alianças, criando assim a história do mundo, o sofrimento, a liberdade e todos os mecanismos de organização e evolução. A mulher é o mau da sociedade e incita no homem seus melhores e piores sentimentos. Num nível micro, ou seja, indívidualmente, melhor é não te-las.

    ResponderExcluir
  15. Mais um épico e excelente texto. Argumentação certeira e sem papas na língua! Lembro de um post antigo seu (esqueci o título) que vc tinha até comentado com o Gordo Tetinha, dissecando e prevendo um provável plano de negócios do mercado de real dolls, onde as empresas irão faturar num esquema de obsolescência programada similar aos smartlixos da Apple e Samsung. Mesmo com a tecnologia barateada, ainda vão enrolar até lançarem os melhores modelos possíveis, pois vc já deve saber q assim eles lucram mais no longo prazo.
    São ideias muito engraçadas e plenamente factíveis. Me anima pensar q talvez vivamos o suficiente pra ver o feminazismo ruir.

    Hoje o mercado sexual é triste; é de chorar , é de se suicidar...

    Ainda me sinto um moleque cabaço, mas vendo todo dia incontáveis histórias de vidas destruídas por causa de mulher, hj sei mais do que nunca que não quero isso pra mim. Já é difícil pra cacete ter qualidade de vida, ganhar dinheiro, etc. não vale a pena botar mais um problema na vida, se estressar atrás de mulher, fora o risco de perder tudo...

    Passei dos 20 e nunca paquerei/namorei nem nada, tive que escapar nas GPs e por isso compartilho da visão do Anon 16:54 logo cima, é a mesma sensação de desistência com civis.
    Dizem que hj sexo casual está muito fácil, porém encaro com ceticismo. Na verdade acho ótimo, pois eu quero namoradinhas pra trepar e não pra brincar de casinha. O problema mesmo é que sou muito magrelo e introvertido. Agora que melhorei um pouco minha situação financeira, tentarei mudar a dieta e malhar; mesmo q não pegue ninguém, o shape trará saúde, respeito e autossatisfação.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Petisco! Obrigado pelo elogio!

      Cuidar do corpo na juventude é garantia de economia na velhice. Do que adianta viver hoje e quando estiver idoso sobreviver a base de remédios?

      Saúde é o que interessa o resto não tem pressa! Cair mulher na rede é apenas um bônus.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir

1. O pensamento é livre, não modero os comentários.
2. Você é o único responsável pelo que digita.
3. Propagandas ou spam serão excluídos sumariamente.

Obrigado pelo seu comentário e volte sempre!