Seguidores

Google+ Followers

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Fechamento de Novembro

Bem esse mês foi um pouco melhor.
Visitei um peão que trabalhou comigo que botou a empresa que trabalhamos na justiça e com o dinheiro que ganhou abriu seu negócio. Estava o enrolando por achar que ele mora em favela, acabei quebrando a cara, onde ele mora é muito melhor e mais tranquilo do que o manicômio que eu vivo.
Ele deu um golpe de sorte, comprou um ponto ótimo todo reformado, só precisou comprar o maquinário, com certeza ele vai prosperar bem. Por que essas coisas não acontecem comigo?

Esse mês não fiz nenhum bico, está cada vez pior. O que me deixa com mais raiva é ver a quantidade de peruas pegando táxi como se fosse nada.

Fui ao SINE, chegando lá só queriam me empurrar subempregos pagando salário mínimo, uma vergonha! Não me lasquei 4 anos para ganhar salário mínimo. Cadastrei-me no site e encontrei aquelas pérolas que acabei colocando em um dos meus posts.

Fiz meu cadastro no Infojobs, atualizei LinkedIn, vagas.com e etc. Só não fiz o cadastro da Catho porque não tenho um cartão cancelado para completar o cadastro, onde já se viu a pessoa desempregada ter que pagar para arranjar emprego?

A vagas menos piores, eu mando currículo mesmo não sendo 100% compatível com o perfil. Sempre é o mesmo papo, recebemos seu currículo e aguarde para futuras oportunidades.
NINGUÉM ME CHAMOU!

Ainda não consegui vender o apartamento nem o carro. Gastei quase R$ 400,00 anunciando no ZAP, não tive nenhum retorno! No OLX pelo menos os corretores e os curiosos me ligavam para encher o saco já no zap nem isso! Eles ainda fazem aqueles anúncios "anunciou, vendeu"? Se sim eu posso ganhar uma grana processando por propaganda enganosa?

Estou juntando bitcoins, provavelmente você já viu o carinha do banco imobiliário com meu endereço aí. Se puder ajude o amigo aí.

Já consegui mais de USD 3,00 boa parte tirada do freebitco.in. A cada uma hora dá uma porção de bits só por abrir a pagina deles. Estou pensando em minerar no trampo, deixar o PC ligado em casa gastando energia não vale a pena, nossa energia é a 3º mais cara do mundo, só perde para Índia e Itália!

Consegui um emprego temporário terceirizado e sem chances de efetivação, estou me sentindo como o Pobretão de Vida ruim, a futilidade e o endividamento das pessoas me deixam enjoado, estou ganhando bem menos que o anterior, pelo menos a grana do mês que vem já está garantida. E consegui-o graças à indicação de um colega de uma amigo da faculdade que encontrei em outro happy hour depois daquele que comentei que esperava gastar menos de R$ 100,00, consegui gastar menos de cem reais naquele encontro e o retorno foi praticamente zero. Se não fosse por esse Networking com certeza ainda estaria desesperado mandando currículo até para lojista extra natal, o quer dizer que eu ainda não esteja louco procurando alguma coisa pagando mais de 2k na minha área.
Preciso se estabilizar para manter as frequências nos aportes pretendo fazer um curso de programação web e celular, tenho varias ideias de negócios online, mas pagar alguém sairia caro, se eu posso fazer por conta própria por que iria pagar a terceiros?

Percebi um débito não esperado em uma das minhas contas, quando conferi vi que era a última parcela de um álbum de formatura que ficou um lixo, nem lembrava mais desse dinheiro jogado fora. Que raiva.

Coincidentemente após usar como exemplo de como economizar no Black-Friday e em próximas compras uma máquina de cortar cabelos, a minha quebrou, lá vou eu ter que gastar dinheiro em algo inesperado.

Para dietas e exercícios estou pensando em pegar um plano anual do freeletics, sai mais barato que academia e os resultados parecem ser mais rápidos promissores, se alguém souber como economizar com o coach, me avisa aí.

Estou levando marmita para trabalho comprar comida lá destruiria meus míseros aportes futuros.

Enfim logo abaixo está minha evolução patrimonial.

Se eu fosse você investiria nessa empresa, ela têm futuro!


R$ 7.100,00 de patrimônio liquido. Evolução de 10,93% em relação ao mês anterior. A única coisa que me conforta é que estou 111% mais rico que novembro do ano passado.

Graças ao depósito de passagem e refeição em grana e o agrado desse peão empreendedor, fechei o mês positivo.

Nada mal para alguém que passou praticamente o mês todo sem serviço.

Como eu disse anteriormente, estou procurando emprego para me estabilizar e voltar a investir, só de pensar que ano que vem terei que entrar em contato com as três empresas por onde passei para declarar a receita, já me das náuseas. Se tivesse conseguido vender meus papéis ano passado nada disso seria necessário.

Estou pensando em janeiro sair de férias com meu pai para espairecer e quem sabe conseguir algo melhor no nordeste, aqui eu sou apenas um leão marinho no meio dos tubarões, provavelmente lá serei um leão marinho nos meio dos pinguins.

É isso ai pessoal, forte abraço!

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Networking - Ferramenta essencial para a sobrevivência de um pobretão no Huezil

Nos posts anteriores sobre dicas, descrevi como a dissimulação e a extroversão são armas essenciais para o jovem pobre e feio sobreviver no mundo corporativo. Neste post eu irei descrever uma ferramenta mais do que essencial para se tornar alguém de sucesso tanto na esfera profissional como a social.

O ser humano é um ser social, precisa de contato com outras pessoas. Se você está lendo isso é porque provavelmente estava procurando alguma coisa que alguém anteriormente tinha escrito, senão qual sentido teria escrever para ninguém ler e você buscar algo sem nenhum interesse em comum?

Reserve uma parte de seu orçamento para sociais com o pessoal do trabalho, faculdade, cursinho e etc. Só de planejar o seu gasto para eventos, você já saíra muito à frente do restante dos brasileiros.

O Huezeiro comum apenas paga suas contas e se diverte com o restante do dinheiro nas duas primeiras semanas. Por isso não se preocupe em separar muito dinheiro já que no final do mês possivelmente ninguém irá te chamar para fazer alguma coisa.

Quando te chamarem e puder ir, vá!
Mesmo que tiver que atravessar a cidade, estando dentro do seu orçamento não pense nas dificuldades, vá cultivar suas amizades, fazer novos contatos em um encontro desses poderá sair ótimos negócios.

Viver em modo zumbi só o deixa mais fragilizado diante da sociedade.
Diferente do que pregam alguns blogs de finanças por aí, se isolar não vai te ajudar em nada.
Essa história de ser o lobo solitário que não se encaixa em nenhuma matilha, só funciona em filmes. Na vida real você será tratado como o estranho do grupo. Certas pessoas irão até achar que você é autista.

Quanto mais você se isola, mais deprimido ficará, remédios não funcionam, só atrasam ou suprimem a ansiedade e depressão. Para elimina-los só buscando alguma atividade coletiva, procure um hobby, vá buscar um curso de dança, academia, lutas, clube de xadrez, clube de quadrinhos, alguém para correr e etc. Procure o que te agrada mais, bote em seu orçamento para sociais, se acabar a grana, dê a mesma desculpa dos outros pobretões, “estou sem dinheiro”, “só quando o pagamento cair”.

Mesmo em atividades ditas como solitárias como jogar vídeo game e contratar o serviço de profissionais do sexo e possível de socialização, usando da extroversão você irá descobrir quantas pessoas pensam e agem iguais a você.

Use as redes sociais para algo útil.
Utilize para procurar pessoas com interesses parecidos com o seu. Mire em seu alvo e veja quais são os seus interesses para quebrar o gelo e fazer com que você vire amigo daquela pessoa. Não stalkeie, guarde as informações para si e na vida real, puxe assunto de algo relacionado como se não quisesse nada e depois parta para o foco.

A maioria das pessoas ricas só irão te usar.
Como tudo em nosso Brasil não funciona como na teoria, utilize seus contatos com pessoas mais ricas como recursos apenas para galgar melhores contatos ou negócios. A grande maioria dos ricos só se aproxima de pessoas com poderes abaixo dela por terem alguma utilidade, aproxime-se delas da mesma forma. Do mesmo jeito que enquanto você está servido é maravilhoso e quando não serve mais te cortam do circulo de amizades, faça o mesmo corte-os da sua lista. Mantenha somente os contatos com os melhores retornos.

Faça amizade com os pobres.
Muito dos pobres que conheço só estão nessa situação por desconhecimento financeiro. Força de vontade e disposição eles tem, conversando com algumas, pode-se perceber que parte delas pensa em empreender, mas nem sabem por onde começar, pois o governo como sempre só pensa em nos ferrar, tentando manter os pobres na miséria. Se surgir alguma oportunidade logo você será lembrado.
O governo é bom em uma coisa. Ele sabe como quebrar as suas pernas apenas para depois lhe dar uma muleta e dizer: "Veja, se não fosse pelo governo, você não seria capaz de andar!”.
Harry Browne
Um bom relacionamento com pobretões iguais a você pode te proporcionar muitos momentos de alegria. Deixe o preconceito de lado e vá comer uma carninha na laje e tomar uma Itaipava gelada.
Lembre-se sempre, se está dentro do seu orçamento, não se preocupe, vá viver a vida.

Use seus contatos para arranjar emprego
Uma coisa é certa, o empresário brasileiro não contrata por competência, é fácil comprovar isso vendo a qualidade dos nossos produtos e serviços, tudo é capenga e não funciona direito. Isso fica ainda mais evidente quando você tem um ótimo currículo, mas não é chamado para nada.

Quando consegue um emprego com muito sacrifício, você vê o quanto seus colegas de trabalho são incompetentes e burros e que acabou sendo contratado para fazer o trabalho deles, já que mandar os chimpas embora, saíra muito caro e a saída é dobrar o custo dos funcionários (agradeça a CLT).

Contratação por currículo atualmente só serve para serviços com muita rotatividade como, por exemplo: auxiliar de serviços gerais, telemarketing e operadores de loja, mesmo assim fazem umas dinâmicas ridículas e escolhem os candidatos por afinidade. Exigem um milhão de coisas, mas o serviço sempre é especifico demais para pegar pronto do mercado de trabalho, então sempre será preciso treinamento. Pra que fazer essas exigências e entrevistas tão ridículas então?

Sem falar nas pessoas incompetentes/seu chefe, gordas, feias, burras e/ou homossexuais histéricos(as), como essas pessoas conseguiriam muitas vezes empregos melhores que o seu sem ao menos suar a camisa? Se é o uma exigência da vida, os empresários contratem alguém que produz valor? 

Com uma boa rede de contatos, assim que você perder seu emprego e anunciar para todos seus amigos logo surgirá as mais variadas oportunidades na velocidade de um raio. Geralmente nem irá fazer entrevista e no mesmo dia já estará sendo contratado.
O status não põe comida na mesa, pegue um que dê para aportar forte e siga em frente.

Economizar em serviços e produtos
Sites de compras coletivas estão aí para provar isso. Aplicativos de rachar carona. Pessoas para dividir o aluguel.
Dicas de mecânicos mais baratos de confiança e etc.
Imagine ter o custo seria de pagar tudo sozinho?

Seja bem social.
Sempre mantenha sua rede viva, mantenha sempre contato. Apareça ao máximo de eventos possíveis, claro que tudo dentro de seu orçamento.

Quem não é visto não é lembrado.
Sei que pode parecer difícil, mas com treinamento e tempo você aparentará ser apenas mais um cidadão da matrix, a diferença aqui é que você irá tirar proveito das oportunidades que surgem a todo o momento e que as perdia apenas por não está no momento certo cercado das pessoas certas.

Misture-se
Resumindo: Atraia pessoas que irão gerar valor e afaste-se das que apenas te atrasam socialmente e profissionalmente.

Bem esses foram as dicas de como fazer um bom networking que me lembro até o presente momento. Quando me lembrar de mais eu volto para atualizar o post.

Até mais!

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Como não ser enganado na Black Fraude e futuras compras - 10 dicas

Sexta-feira chegando, época de Black Friday, os lojistas que são bem espertinhos vendo a oportunidade de entrar na moda e faturar mais, copiaram o feriado americano adaptando ao nosso "custo Brasil", nem vou falar dos que fizeram black month e black weeks. Até os mais leigos já devem ter percebido que somente algumas coisas abaixam e outras, algumas semanas antes dobram o preço para nesse dia cortar o mesmo pela metade. Jogada de mestre né?

Ainda bem que ainda temos recursos de como ver os histórico dos valores dos produtos tão desejado e realmente saber se ele entrou em promoção ou não.

A seguir irei descrever dicas de recursos que podemos utilizar, nacionais e internacionais onde podemos economizar muito dinheiro quando precisar de comprar alguma coisa pela internet.

1 - Compre somente aquilo que precisa.
Pode parecer óbvio, mas você está navegando procurando pelas promoções e de repente aquele celular/Televisão/videogame que tanto deseja está aparentemente mais barato, pare e pense, realmente preciso? Eu não sobrevivi até hoje sem aquele produto por que ele se tornou essencial para a existência da minha felicidade? Vou morrer se não tiver ele?

Pior do que não ter o produto da moda é depois de comprar e ter passado o ar de novidade, perceber que aquele objeto não era tudo aquilo que achava que era e a compra não valeu tanto a pena.

2 - Procure o menor preço!
Outro item óbvio, mas que a grande maioria das pessoas para de pensar quando aparece uma "oferta imbatível".

Para isso eu utilizo algumas ferramentas. Nos Exemplos a seguir eu fiz a pesquisa de uma maquina de cortar cabelo, pois é um item que nos ajuda a economizar um dinheiro. Onde eu moro o corte de máquina simples custa R$ 20,00 levando em consideração que corto o cabelo aproximadamente a cada 15 dias, em menos de 3 meses a máquina já se paga.

Um site que já é um dos meus favoritos é o Já cotei. Ele tem aplicativo para Android e uma extensão para o Chrome.

A melhor característica dele é ter um histórico de preço bastante amplo comparando os menores e maiores valores, então é fácil saber se o preço foi maquiado para o black Friday ou se ele realmente está barato.

Ser inscrevendo nele é possível receber alertas de quando objeto que você marcou o valor desejado bater esse preço.

Outra vantagem desse site é que ao comprar pela indicação deles já que quem tem cartões que trabalham com o Multiplus ou Smiles, acumulam pontos.

O modelo escolhido foi apenas para demonstração de preços
Olhe a diferença entre o menor e o maior preço!

Como sua extensão não funciona em vários sites fiz uma pesquisa e achei o baixou.com.br, assim como o já cotei, o site trabalha com históricos dos produtos, tem extensões para o Chrome e o Firefox é uma pena não ter ainda um aplicativo para celular. Também existe a possibilidade de alertar se o preço chegar ao que você deseja e ainda oferece cupons de desconto!

Logo que você entra já aparece o histórico do valor do produto.
O bom dele é que mostra o histórico de cada loja.

Para sites internacionais ainda tem o Ciuvo Price Comparison, funciona do mesmo jeito que o baixou, e ainda é possível utilizar as duas extensões em conjunto tirando o melhor preço possível com ainda com a possibilidade de utilizar cupons de diferentes tipos e/ou com maiores descontos.
Tem para o Firefox, Chrome, Opera e IE.

Má ôe! R$ 205,25 de desconto! 9%!

4 - Cupons de desconto
Aqui no huezil nunca virou moda e provavelmente nem virará, quem viveu os 80/90 sabe disso, mas felizmente temos sites especializados como o 1001 cupom de descontose o pega desconto que todo dia aparecem os mais variados tipos de cupons para economizarmos uma grana.

Para sites internacionais eu aconselho o Honey, se tiver cupons disponíveis para o site que está comprando, ao clicar em cima de seu logo, automaticamente ele testa todos os cupons para te dar o maior desconto possível, chega a ser absurdo a economia em alguns sites. Tem extensão para o Firefox e Chrome.

5 - Outlets
Para quem não se importa em andar na moda e prefere pagar preços mais baixos em artigos de boa qualidade,  já deve conhecer esse tipo de loja.

Os outlets surgiram no intuito de vender roupas e acessórios que já não fazem mais parte da estação do ano ou que simplesmente são pontas de estoque (peça única). Com o advento da internet surgiram também os de produtos eletrônicos, aqui na republica das bananas ainda não temos muitos sites trabalhando com essa modalidade, provavelmente pela bonobice no nosso povo e para evitar muita dor de cabeça.

Roupas e acessórios geralmente são artigos novos já para eletrônicos é muito mais difícil encontrar produtos novos, nesse caso temos que ficar atentos às regras do site, pois existem portais que vendem apenas produtos reembalados, mas também há sites que reembalam produtos que passaram por assistência técnica, vendem remanufaturados como reembalados. Por isso temos descontos absurdos!

6 - Compras coletivas
Não preciso nem descrever né? Já foi moda e atualmente está em baixa. Se não se preocupar com os prazos de entrega e o preço for imbatível procure sites como o Peixe Urbano, Groupon e etc.

7 - Evite dor de cabeça com o produto
Procure por avaliações/Reviews do objeto desejado, bote as avaliações negativas maior peso na decisão de compra. Problemas publicados pelos usuários e recorrentes podem ser tratados pelo fabricante como característica do produto e mandar para a assistência só vai fazer você perder o prazo de devolução de 7 dias que nosso código de defesa do consumidor nos permite devolver para a loja, aí que vem a próxima dica.

8 - Evite dor de cabeça com a loja
Achou um preço bem mais barato que a concorrência? Pode acabar sendo aquela máxima, é um barato que sairá caro.

Veja se ela tem endereço fixo, meios de contatos diretos como telefones emails e etc.

Mesmo sites grandes quando não tem o produto em estoque utilizam de lojas pequenas para despachar a venda, é melhor não ter lucro sobre uma venda do que perdê-la. Por isso pesquise o nome da empresa fornecedora no índice de confiança da loja no reclame aqui.

9 - Fique de olho no frete
Muitas vezes você se depara com um ótimo preço, não é outlet, é produto novo,  a loja é de confiança, mas tem alguma coisa de estranho. O frete!

Se tiver limite mínimo para frete grátis, provavelmente você irá se ver obrigado(a) a comprar outras coisas que nem são necessárias ou que não estão em promoção apenas para não pagar o frete, mais uma vez, o barato que sai caro.

Outros o frete é tão absurdo que você precisa fazer uma boa compra para diluir o valor do mesmo.

Alguns se você for botar na ponta do lápis, aquele desconto que você recebeu provavelmente se comprasse o mesmo objeto mês passado teria o mesmo valor, já que o frete era "grátis" estava embutido no preço e agora que separou deu a impressão de queda dos preços.

10 - A vista tem desconto?
Quem tem o dinheiro tem o poder de barganha, prefira pagar a vista se tiver desconto, agora se no parcelado sair o mesmo valor, prefira parcelar, assim posterga suas dividas e você ganha sobre os juros do período.

Bem com isso espero ajudar algumas pessoas economizarem uma boa grana, boas compras!

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Você não precisa gastar fortunas para aprender novas línguas.

Existem várias coisas que os brasileiros insistem em errar, uma delas é a escolha de um curso apenas pelo status que ele pode trazer.  Não é porque uma instituição tem nome que o ensino dela será bom. Assim como seu preço não define qualidade. Cada pessoa tem uma forma de aprendizado diferente. No aprendizado da língua inglesa, já passei por mais variados cursos. Desde o eterno aprendizado do verbo To be das escolas públicas a cursos que utilizam materiais criados pela universidade de Cambridge.
A verdade é que o aprendizado de uma nova língua só depende da sua força de vontade. Material você encontra aos montes na internet. Você pode aprender com jogos e filmes, mas para isso você deve sair da sua zona de conforto e não utilizar nem legendas em português.
Não entendeu uma expressão? Utilize um dicionário para consulta.

Cursos “grátis”, principalmente oferecidos pelo MEC é a mais pura perda de tempo. Só é criado legitimar os gastos feitos com nosso dinheiro extorquido.  Depois de 2 anos descobri que não dão certificado que o curso oferecido pelo CAPES é direcionado apenas para a realização das provas Toefl, Ielts e CPE. O ensino é péssimo e não ajuda em nada no desenvolvimento pessoal.
Detalhe essas provas são pagas em dólares e devido à cotação, atualmente a mais barata passa de R$ 550,00.

Se você quer aprender de verdade, não tem condições/pretensões de fazer uma faculdade no exterior e não quer torrar grana, utilize o Duolingo.
Ele tem para celulares Android, iOS e dá para usar no computador.
Para testar não precisa nem se cadastrar e caso queira continuar só precisará de uma conta no Facebook ou Google para salvar seu  desenvolvimento.
Além de ser oferecido o curso de inglês para os falantes de português, há também os cursos de espanhol (inútil), francês, alemão e italiano e existem outras línguas sendo implementadas com a colaboração dos usuários.
O melhor de tudo que o custo é próximo de zero!

Se é de graça como eles ganham dinheiro?
Com a certificação de proficiência em inglês que custa apenas $ 20,00. A realização do exame é tão escrota quanto o do Toefl e já tem várias empresas e universidades que o reconhece.
Eles também vendem serviços de traduções.

Vantagens.
Plano de estudos. O ritmo é você é quem faz!  Essa é a grande sacada deles.
Eu utilizava a seguinte estratégia. Reforçava as unidades anteriores e completava uma bolinha por dia. Fazendo isso e utilizando os atalhos eu terminei todo o curso em apenas 2 semanas.

Vale mais do que dinheiro!

Não tem tempo ou paciência para fazer cada unidade separada? Pegue um atalho!
O feedback é instantâneo, te diz na hora o que você errou.
É possível tirar dúvidas de cada questão com outros usuários.
Mostra outras possíveis respostas.
Além das unidades você pode se aventurar na tradução de textos. Tem para todos os gostos e dificuldades. Assim como outros usuários que podem avaliar sua tradução, você também pode avaliar a contribuição de outros usuários.

Textos do mundo real utilizados nas mais variadas áreas do conhecimento

Você fica sabendo instantaneamente a sua proficiência do conhecimento de inglês.
Descobre que seus amigos também estão fazendo inglês ou outras línguas e qual seus desenvolvimentos e engajamento diários.

Mantenha-se motivado(a)

Não é preciso ser exato com acentuações e pontuações, só nisso já economiza bastante tempo.
Dá para por seu conhecimento de línguas no currículo do LinkedIn.
Não é só texto, você também testa sua fala.
Tem um bate-papo descontraído.
Um microfone simples é mais do que o suficiente.  Eu uso um de R$ 8,00 barato e eficaz.hahaha

Coloquei uma fita envolta da cabeça do microfone para isolar possíveis ruídos externos.

Desvantagens
Ver todo dia as unidades diminuindo sua experiência dá desanimo.
A voz robótica utilizada faz você se confundir várias vezes, utilize fones de ouvido ou coloque o volume do computador ou celular bem alto.
A moeda (ligots) não tem muita utilidade depois que você compra todos os extras.
No computador o site se embanana com o Firefox, eu recomendo utilizar o Chrome, pois não utiliza o plugin do flash (inseguro e trava toda hora) e o reconhecimento de fala é muito mais preciso.

No Chrome a avaliação é rápida e precisa

Tem algumas expressões das unidades extras que não existem traduções equivalentes. Não dá para saber que você usa uma tradução literal ou uma expressão comparável. Neste caso a discurso entre os usuários são mais construtivas.


A melhor coisa do curso

Ahh que satisfação que dá ver meu conhecimento crescendo.

O aprendizado de uma nova língua não deve ser visto apenas como necessidade profissional, mas como um ato de desenvolvimento pessoal. O povo brasileiro odeia conhecimento, expertise é sinônimo de malandragem, porque eu devo continuar aceitando isso? Por que não vou procurar um país com qualidade de vida melhor? Quantas vezes você deixou um conhecimento de lado só por está escrita em outra língua? Provavelmente várias né?

Até mais pessoal.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Off - Dicas mundanas

1º Caso
É uma pena não ter achado o post original. "Homens" assim não são exemplos para ninguém.
Possivelmente estão desesperados por uma novinha, mesmo que ela esteja fedendo a leite, não pela idade, mas sim pelo leite dos papais não confirmados.
Acham que cuida de de criança é brincadeira e que irão ter uma vida tranquila, ostentando a novinha. Pobres coitados.

Dica: Não seja estes caras!

2º caso
Uma contradição atrás da outra, a única coisa que faz sentido é ser feminista, esquerdista. Enfim mesmo com todos os problemas, sempre tem um otário para assumir a "guerreira".

Dica: Use camisinha feita de câmara de pneu de caminhão para não pegar nenhuma doença dessa ascendente em sanitários. Lembre-se que se ela deixar nascer mais um catarrento e tiver a sorte de não ter pego uma doença, o nascimento desse guri significará mais um programa eterno (pensão).

Eu não pagaria o aluguel da dessa carniça, se você acha que vale o programa, pague, mas fique ciente dos riscos.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Empregos para quem faz administração

Quando somos jovens é de praxe  nossos parentes nos perguntem  o que você vai ser quando crescer. Aqueles que não têm uma profissão escolhida por seus pais acabam se virando na hora de procurar um curso em algo que tenha mais afinidade.
Graças a um ensino médio generalista que não nos prepara para o mercado de trabalho muito dos que procuram o ensino superior para melhora de vida, passeia pelos mais variados cursos até conseguir escolher algo que goste, gastando tempo e dinheiro. Aqueles que não sabem o que fazer ou seu dinheiro é pouco para as mensalidades procuram um curso como administração. Provavelmente você pode ter parado aqui graças a essas perguntas:

Quais empregos trabalha um administrador de empresas? O que faz um administrador.

Bem, eu te falo, se você não for o filho do dono de uma empresa e/ou não quiser empreender e decidir continuar como empregado a vida toda. Só te restarão as vagas operacionais, chegando ao máximo o nível de supervisão, muito deles a exigindo apenas o ensino médio, já que o curso  é tão desvalorizado que para preencher  o cargo você só precisa ter um QI(Quociente de inteligência) dentro da média. Os cargos de nível gerencial só são alcançados para quem tem o QI (Quem Indica).

Diferente das instituições vendedoras de diplomas, eu falo a verdade nos meus posts, anteriormente eu até demonstro (com fontes!) porque este curso nunca deveria ter sido criado.

Não existem vagas destinadas a quem faz administração! Qualquer área existe seu profissional especializado, por que contratariam um profissional generalista que só sabe um pouco de tudo, mas não entende a nada fundo?

E não adianta chorar, pois o conselho não faz nada e parece que não vão se mexer tão cedo.
As vagas que sobram são para estagiários (novos escravos) e trainees, para gente que já se formou, mas não sabe fazer nada e/ou não consegue emprego.

Quando se consegue algum trabalho de valor, é para substituir um profissional que está sendo pago para trabalhar, mas é você que irá fazer o trabalho dele.

Eu achava que o que diziam do curso de administração eram apenas zoação de blogs e páginas do Facebook. Mas hoje estou vendo a dificuldade que é se reposicionar no mercado de trabalho, a crise criada pelo partido da Perda Total tem seu peso, mas a  escolha fracassada que cometi concluindo este curso foi maior.

Imperdível! A oportunidade da sua vida!

Eu achava que montagens iguais a esta eram apenas de zoação, após está desempregado e procurando uma vaga eu vejo que é a mais pura verdade.
Não são raras às vezes você está procurando por um emprego e se deparar com isto!

Que tipo de trainee é esse?!

Como assim? Empresa confidencial, salário a combinar e nem o que é para fazer está definido?
Ao clicar em "quero me candidatar", fui redirecionado para uma página com a vaga verdadeira, a qual era operador de caixa PCD (pessoas com deficiência) pagando menos de 1k!

Não sei o que se passa na cabeça das recrutadoras, provavelmente dever ser alguma frustração por se formar em um curso até pior que administração. Então Caçando por mais algumas vagas me deparo com isso.


Só pode ser sacanagem, o nível mínimo de escolaridade é pós-graduação e a vaga a ser preenchida é para um cargo técnico. Lendo a descrição das atividades a serem realizadas dá para perceber claramente que poderia ser preenchida até por um chimpanzé, ahhh tá bom um chimpa da NASA, mas mesmo assim não se precisaria ter um QI elevado para as exigências necessárias para o trabalha nessa vaga.

Cadastrei-me em vários e até hoje quase não obtive respostas.

Outros sites emprego também têm coisas parecidas, peguei esses exemplos do SINE, pois é o site que mais contem vagas desse jeito que já ultrapassaram o limite do absurdo.

Quando finalmente recebe algum retorno, as mensagens que chegam são apenas deste tipo:
Prezado Candidato, bom dia!

Agradecemos a sua participação no processo seletivo do Escravo administrativo na empresa novos negreiros.Infelizmente, você não foi selecionado para a continuidade deste processo.

Seu currículo continua em nosso banco de dados e se surgirem novas oportunidades em seu perfil entraremos em contato.
Isso porque recrutador ainda tem algum tipo de consideração com os candidatos, pois das centenas de e-mails (daqui a pouco irá se tornar milhares), enviados no ultimo mês só recebi 3 mensagens como essa, NENHUMA LIGAÇÃO e apenas uma entrevista que todo o processo de comunicação foi feito por e-mail.

O que me resta é fazer o que a Dilma falou para uma economista no debate presidencial de 2014: Fazer um Pronatec!

Então o que faz um administrador?
Procura emprego!

PAZ!

domingo, 15 de novembro de 2015

Porque fiz Administração e me arrependi - FINAL

Para ler a primeira parte clique aqui.
Para ler a segunda parte clique aqui.
Para ler a terceira parte clique aqui.
Para ler a quarta parte clique aqui.
Para ler a quinta parte clique aqui.

Neste post irei demonstrar como o curso de administração, se não for o pior é um das piores carreiras a se escolher.

Começando pela quantidade de vagas ofertadas.
Obedecendo a lei da oferta e procura, sabemos que quanto maior a oferta de determinado produto ou serviço, menor será o seu valor. Só  levando em consideração essa máxima, já explicaria um dos motivos do preço baixo das mensalidades quando se comparada a de outros cursos.

Fonte: http://www.universitario.com.br/noticias/n.php?i=2782

Mas por que acontece isso? Simples! Lembra-se das três regras que citei neste post? O curso de administração é um dos mais fáceis de oferecer, antigamente só se precisava de uma sala e alguns professores, hoje nem isso é preciso mais, o dono de qualquer instituição de ensino só necessita pedir para seu sobrinho fazer um site e alugar alguma sala uma vez ao mês para realizar as provas.

Aquela imagem acima é de 1997, então se nesse ano já tínhamos mais vagas do que alunos, imagine agora  que uma instituição de ensino pode ter um número de vagas virtualmente infinitas!

Já a falácia de que faltam administradores no Brasil é a mesma da que sobram vagas para engenheiros (mais para frente falarei sobre isso). Na época que escreveram este artigo, só de "administradores" registrados existiam mais de 390 mil.

Em 2012 haviam mais de 1500 instituições oferecendo o curso, houve 833.042 matrículas só naquele ano e a cada dois semestres se formam mais de 114 mil Administradores!

Como vemos no parágrafo anterior o que não falta no Brasil são administradores! Mas por que ainda insistem em dizer que o mercado tem carência deste tipo de profissional?

Simples! Os empregadores querem profissionais prontos para sua empresa, coisa que nunca irá acontecer. Como a oferta de profissionais é enorme, as empresas acabam nivelando o salário por baixo, então aqueles que têm "o perfil" desejado, de maior valor, não se submetem a essas vagas, deixando-as abertas para profissionais "não qualificados".

Grifei as partes mais importantes deste trecho de um artigo criado por uma instituição vendedora de ensino:
[...] uma pesquisa feita pela Fundação Dom Cabral em mais de 160 empresas e grupos corporativos do Brasil. Segundo ela, 91% das companhias pesquisadas sentem falta de profissionais bem formados nas áreas administrativas como gerência de projetos e gestão de empresas.
A mesma pesquisa havia sido feita em 2011. Naquela época a carência levantada pelos chefes das empresas era de 54%. Ou seja, o aumento do número de pessoas que têm faculdade no Brasil não se igualou a demanda por profissionais de ponta. “É um problema sério. A questão da mão de obra qualificada virou um grande gargalo no Brasil, sem previsão de melhora no curto e médio prazo”, afirmou o responsável pela pesquisa, professor Paulo Resende, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. Ainda, segundo o professor, as empresas estão sendo obrigadas a procurar profissionais de administração no exterior.
Fonte: Demanda por profissionais de Administração é grande, diz estudo.
Dizem que faltam profissionais na área, como vemos anteriormente isso é a mais pura mentira, já que, a quantidade de formados é enorme, para não dizer na cara que os nossa formação profissional é um lixo utilizam sempre a mesma desculpa, não são profissionais qualificados, preferem contratar um gringo a capacitar um compatriota. Afinal de contas eles já têm o inglês fluente né?

Exportamos os melhores profissionais e importamos os piores.

Se você abrir o link vai ver o que o resto do artigo foi escrito somente para vender curso. Para fechar com chave de ouro colocaram o relato de um dos raros profissionais que estão satisfeitos ou ainda não caíram na real do quão foi ruim a escolha da sua profissão.
É preciso ver nas entrelinhas a desonestidade intelectual dos donos destes cursos.

Assim como qualquer comerciante eles só querem vender diplomas. E ainda exitem pessoas que acham que estão abafando ao passar no vestibular de alguma uniesquina. Lhe digo o seguinte: Passar em uma provinha dessas é a mesma coisa que ir à casa da luz vermelha e se achar o pegador.

Vendem sonhos, ludibriam seus alunos e são blindados pelo governo. Quem não queria ser o dono de um negócio desses?

O curso é muito generalista, como você pode ver nos meus posts anteriores, economia você aprende mal e parcamente, mas você não é contratado para áreas econômico-financeiros, pois existem os economistas para isso.
Aprende marketing o curso inteiro, mas não é contratado na área, pois contratam quem fez publicidade e propaganda.
Você é massacrado(a) pela quantidade de material relacionado a contabilidade, mas não atua na área, pois existe o contador e você não pode tirar o CRC.
Aprende direito nas áreas trabalhista, constitucional, civil e penal, mas não pode atuar na área porque não é advogado e nem pode tirar a carteira da OAB, aliás o aprendizado é tão parco que não serve nem para concurso.
Não atua na área de logística/produção, pois já existe uma engenharia específica para isso.
É socado um monte de matérias de negociação, tomada de decisão e liderança mas não atua na área, pois os empregadores dão preferência até para os piores engenheiros de suas áreas.
Todas aquelas matérias online que não serviram para nada na uniesquina em uma universidade federal seriam substituídas por material marxista e a economia deles é baseada no Keynesianismo.

Crias de Kaynes

Agora se qualquer um desses profissionais quiserem ser um administrador, eles podem! Sabe por quê?

O conselho só quer o seu dinheiro!
Se você abre sua empresa e não quer pagar um administrador, você compra sua carteira para se regularizar.
O CRA incentiva tecnólogos de outras áreas para que tirem sua carteira de administrador também.
Não há um beneficio para quem realmente fez administração. Os descontos para o profissional são até piores que se você pegar tudo pelo seu cartão de credito ou pegar um plano de saúde/odontológico pela sua empresa.
O valor da anuidade é um absurdo, quase bate a do CREA.
O banco de empregos deles é péssimo, quase não há vagas e as poucas que existem são para todos os tipos de profissionais, tende a zero as destinadas a quem realmente fez administração.
Sua única e real função é estar com as instituições de ensino, realizando palestras para formar mais alunos e profissionais registrados.
 
Os piores engenheiros estão aí para tomar sua vaga.
Do mesmo jeito que dizem que faltam administradores, os vendedores de diplomas e empresas que procuram engenheiros dizem que faltam profissionais no mercado, mesmo que ele(a) seja ruim terá uma vaga garantida para liderar equipes. Dê uma lida nesse artigo: Onde há vagas para engenheiros? Veja 17 cargos promissores, pelo menos metade desses "cargos promissores" deveriam ser preenchidos por administradores, qual a necessidade de contratar um engenheiro para ser vendedor,  ser gerente de relacionamentos, gerir estoques e processos? Até se criarem engenharia da engenharia, eles prefeririam contratar um engenheiro a um administrador. Sempre terá um incompetente morto de forme disposto a competir pela sua vaga.

Omitem varias informações importantes!
Conhece pais da administração clássica? Frederick Taylor e Henri Fayol? Eles eram engenheiros. Sim amigo(a), engenheiro mecânico e engenheiro de minas, respectivamente.
Sabe porque fazem isso? Para você não parar de jogar seu dinheiro no ralo e procurar qualquer outro curso menos pior.

Sabe aquela mentira que contam que um engenheiro nunca vai ser um bom líder? Grande parte dela é mentira! Sabe por quê? A quantidade de matéria sobre liderança que um administrador tem e a mesma que eles também estudam.

Na administração não dizem que existem os lideres natos e os construídos? Então do mesmo jeito há engenheiros lideres natos, construídos e os engenheiros civis que antes de se formarem eram piões de obra.

Há também os engenheiros de produção, sabe do que é chamado esse curso dentro das engenharias? Administração com cálculo, isto mesmo! Dê uma olhada na grade deles! A única diferença está em sua grade inicial que envolve os cálculos das engenharias. Nunca vi a Desciclopédia falar tanta verdade sobre os cursos de eng. de produção e administração.
 
Engenheiros de produção - Porque o escritório é um lugar perigoso precisando utilizar capacete de peão e a obra é um lugar limpo e tranquilo para usar terno e gravata.

O curso NUNCA deveria ter sido criado.
Não sou eu que estou dizendo isso, mais sim um engenheiro medíocre que fez pós em administração e viu em qual furada se meteu.
[...]nós somos um dos únicos países do mundo que tem curso de Administração a nível de graduação. Inclusive, eu dou aula em um deles. Mas, se você pega países como Alemanha e Japão, não existe curso de Administração a nível de graduação. Fulano tem que fazer Economia. Se ele quer trabalhar com empresa, ele faz Economia e depois uma pós-graduação ou um MBA. Na maior parte dos países desenvolvidos é assim. E nós do Brasil criamos o curso de Administração. E fizemos, na minha opinião, uma coisa errada, porque, quando criamos o curso de Administração, separamos o curso de Economia. Eu não sou economista, sou engenheiro, e fiz mestrado e doutorado em Administração
Fonte: Criação da graduação em Administração no Brasil foi um erro, afirma professor.
O curso superior de administração como um todo é péssimo. Sua desvalorização é generalizada, como dito pelo dotô, nem deveria nem existir, seja ele em federal como em particular.

Imagine ainda todos esses cursos de gestão que vem sendo criados todos os dias nas mais variadas áreas.

Nas uniesquinas torna-se pior, pois todos se apoiam em todos. O networking é inexistente, já que todos estão em péssimos empregos querendo melhorar de vida. Aqueles que conseguem algo melhor por fora, não ajudam seus companheiros para não se queimar, pois sabe as deficiências que seus colegas de sala têm.

No meu relato dos posts anteriores é nítido como só precisei do curso apenas para conseguir um estágio insignificante, pois todos os outros trabalhos foram conseguidos através de relacionamentos pessoais feitos fora da faculdade. Todos os cargos que preenchi eram para ensino médio até o meu último emprego pagava o dobro do que se pagaria para um trainee formado na área.

A deficiência estudantil é clara, não entendem matemática básica a falta de interesse no aprendizado é que é trazido no fundamental e médio ficam claros nas provas, todos colando de todos, os que têm maiores CRs são o que souberam colar melhor.

Essa imagem reflete bem o que são as universidades brasileiras

O que me deixa mais puto é a hipocrisia de nosso povo, ficando mais clara ainda nesse curso.
Todos estão se ferrando em seus subempregos, mas sempre abrem um sorriso quando perguntado sobre seus cursos. Insistem em dizer que melhoraram de vida, mas para mim é só uma forma de não querer se ferrar sozinho e esperar que outros cometam a mesma infelicidade para rir de suas caras.

Ignoram que um curso técnico seria mais eficiente, eficaz e teria muito mais efetividade. As pessoas que ignoram estes fatos devem fazer apenas para dormir melhor de noite, pois se pensarem no caso de perderem seus empregos nem saberão o que fazer, uma vez que seu curso que era para transformá-los em empreendedores os especializou em ser novos escravos do sistema.

Caso me ofertassem o curso hoje, eu perguntaria, vão me pagar?

Porque nem de graça eu faria! Só tempo perdido custaria muito dinheiro!

Calculando o quanto gastei só nas mensalidades daria para comprar um populixo(carro popular) zero km, imagina se o tempo fosse quantificado em dinheiro. No final das contas me formei para virar mendigo.

Prefiro as verdades amargas a doces mentiras, se eu tivesse a orientação que tenho hoje passaria longe deste curso e todos seus derivados (gestão de..[preencha aqui com qualquer lixo]..).

Ser você é um(a) administrador(a) e ficou com raiva da honestidade exporta no texto, saiba que fingir e omitir as verdades não irá tornar o curso dos fracassados menos derrotado.

Se você está fazendo esse curso parta para outro! Mesmo que esteja no final, ainda dá para recuperar o tempo perdido, mesmo perdendo mais dois anos para se formar. Afinal de contas o canudo de administração vale menos que papel higiênico.

sábado, 14 de novembro de 2015

Porque fiz Administração e me arrependi - Parte 5

Para ler a primeira parte clique aqui.
Para ler a segunda parte clique aqui.
Para ler a terceira parte clique aqui.
Para ler a quarta parte clique aqui.

Na empresa sou designado à área financeira, enquanto meus colegas vão para outros contratos. Como o chefe do setor está fazendo um curso para entrar na marinha mercante, raramente aparece no local. Quando ele decide ir ao trabalho me joga um monte de serviço mesmo sem entender nada sobre o que se tratavam aqueles documentos, ajudo no que posso meus colegas, enrolo o que ele me passou até sua volta, não vou fazer algo que envolve dinheiro sem ter entendimento e sem ganhar a mais para isso. Passo apenas duas semanas e vou para um contrato tirar as férias de uma administrativa.

Como sempre o encarregado e eu ficamos responsáveis pela obra, já que o engenheiro responsável nunca trabalha, o arquiteto da obra só chegava atrasado e o técnico de edificações chegava na hora do almoço e saia as 16:00, a administrativa estava acostumada a fazer o mesmo.

Os funças responsáveis do contrato não estavam nem aí também, tinha uma bizarra me querendo, mas não queria nada com a chimpa ruiva. Sempre toda semana tinha alguém fazendo aniversário e sempre tinha festa. Achavam que a vida é ótima, sempre otimistas.

Graças a algumas conversas com o arquiteto consegui melhorar um pouco a depressão. Ele já tinha experiência com empreendedorismo e conquistados mulheres lindas para o padrão dele, sempre vinha com uma revista GQ que eu dava uma lida. Me contou que um dia seu irmão estava chorando por uma mulher, sabe o que ele fez? Deu um tapão na cara dele, disse para engolir o choro e seguir em frente. Todo homem deve fazer isso!

Como o trabalho era pouco. Foi nessa época que comecei a conhecer melhor os PUAs. Pois ainda achava que ter uma namorada me alegraria. Lembrei-me das atuações que um chimpa fazia no 2º grau que eu imitava, tinha um baixo retorno, mas funcionava. Cai na real quando comecei a ler uma das indicações no próprio fórum deles de como entender a mente das mulheres, eu vi os vídeos dos bootcamps e uma foto do seu ídolo empurrando um carrinho de bebê. Pensei comigo mesmo, caramba o fracasso é tão evidente que mesmo fingindo ser o conquistador, as mulheres tratam esses caras como um simples objeto de ostentação. O cara que dizem ser O pegador se vestia igual a um palhaço, se ferrou na vida e agora é o cachorrinho da mulher, até passear com a filha ele tem que fazer, não é possível um negócio desses. Por isso cobram tão caro e escondem o material o máximo possível, grande parte dele é puro lixo!

"Que bela aquisição ídolo!"

Então fui ler as opiniões contrárias as do pensamento do Nessahan Alita. Acabei encontrando o blog da Orca Aronovish, até aquele momento eu achava que o movimento feminista procurava igualdade, (graças a doutrinação que sempre ocorreu no meio acadêmico), então descobri do que realmente se tratava o femimiminismo e conheci o movimento da real e suas tretas.

Obrigado feministas por mostrarem o que o seu movimento realmente representa!

Graças a esse contrato pude me desenvolver intelectualmente, pois utilizava o tempo que não tinha nada para fazer para ler vários artigo e livros, nesse tempo me tornei liberal clássico. Só existia muito trabalho no final do mês com o fechamento dos relatórios. Queriam que eu ficasse depois do horário, mas quem disse que eu ficava? Eu era o único que chegava todo dia pontualmente e minha melhor desculpa era que tinha que ir a faculdade, por trabalhar em local insalubre ganhava um adicional e conseguia guardar um troco.

7º Semestre:

Agora só tínhamos dois dias de aula. Sim dois dias! Grande parte de matéria virou online!

Gestão social e ambiental - Como fazer marketing em cima do politicamente correto nas áreas sociais e ambientais. Matéria inteiramente online.

Simulação de negócios - Putz! De novo? Esse negócio não acaba nunca? Mais uma vez online!

Logística - A continuação de gestão de materiais/estoque, agora focado nos custos dos transportes. A avaliação foi uma apresentação do estudo de caso de uma empresa pesquisada e uma prova.

Administração de produção - O professor no primeiro dia já foi dizendo que poucas pessoas passavam na matéria dele.

A matéria era uma extensão de marketing da área do desenvolvimento do produto com a gestão de tempos dos processos, ligados a logística.

Já estava de saco tão cheio que não copiava nada e ficava a aula inteira no celular. Um dia o professor perguntou se eu era assim mesmo, os outros bonobos responderam que sim e não precisava fazer isso porque era um gênio.

Caramba como assim sou gênio? É a mesma matéria de outros semestres só que aprofundada! Gabaritei a última prova sem nem ter tocado em uma página dos materiais dele, ainda tinha gente colando!

TCC - Escolher um tema "ensinado" na grade e decorrer sobre ele. O trabalho consiste em copiar o mesmo assunto de vários autores diferentes, mudar as palavras botar suas respectivas referências e escrever dentro das normas da ABNT.

Foi feito a três mãos. Sim! Três cabeças para fazer um TCC! Deixei um colega puxador de saco arranjar um tema que agradasse os orientadores, a Paty que me jogou na friendzone ficou responsável por revisar o português (nisso ela é muito boa) e eu fazia a revisão das referências bibliográficas, procurava os possíveis plágios e botava tudo na norma. A matéria foi semipresencial.

Estágio Supervisionado - O nome não se relaciona com o que é realmente a matéria. Na verdade teríamos que criar um plano de negócios de uma empresa fictícia, a primeira matéria que realmente tive dificuldade, pois além dos conhecimentos prévios adquiridos, precisaríamos realizar várias pesquisas do setor. Peguei um trabalho que já tinha feito de marketing e o reaproveitei.

O livro que nos guiava era péssimo, o material relacionado do SEBRAE era pior ainda, por ser online dificultava mais ainda ter algum contato com o orientador.

A regra era de ser feita em um grupo de quatro. Uma garota resolveu sair depois de tanto cobrar o material relativo a parte dela, foi ótimo pois ai eu tinha mais liberdade de fazer do jeito que eu queria. A formação ficou igual ao do grupo de TCC, eu, a Paty e o puxa saco. Deixei-o focado no TCC enquanto eu focava no plano de negócios. Como eu já tinha voltado para a sede da empresa utilizava meu tempo ocioso para fazer o rascunho do trabalho e de noite aproveitava o tempo livre para ir à biblioteca encontrar com a Paty e fazer a revisão do português.

A gente descobriu que a uniesquina guardava os trabalhos dos alunos de outros semestres para consulta. Pegamos um que era do mesmo setor produtivo, quando começamos a ler não acreditamos que seria possível um trabalho daquele tipo ter sido aprovado, encadernado e exposto para consulta. Até eu que sou semianalfabeto fiquei surpreso com a quantidade de erros de português a cada página virada. No final do semestre a gente terminou a primeira parte e batendo 70 paginas de puro besteirol.

Ter Cecê (Tum Dum Tss)
 
8º Semestre

No final do 7º período eu fui designado para tirar férias em outro contrato, como já de costume, o engenheiro nunca trabalhava, só aparecia para assinar a folha de ponto, eu fico responsável pelo faturamento do contrato, cobrança dos direitos dos funcionários com a sede, compras de materiais e etc. O encarregado ficava responsável de mandar nos peões e tomar esporro da funça sapatão que queria tudo para mesma hora.

O contrato só dava prejuízo à empresa (dane-se) e para minha saúde, nem insalubridade ganhava mais, fiquei tão perturbado que estava decidido arranjar outro, só continuei porque o encarregado falou: fica pelo menos até acabar sua faculdade.

Terminou o contrato voltei para a sede, agora o setor financeiro tinha um chefe posto a força enquanto eu estava passeando pelos contratos, ele teve que aprender tudo sozinho, como era parente do dono já tinha recebido um agrado para isso.

Recebo uma ligação de uma empresa que me cadastrei no 1º período oferecendo estágio, pagava melhor do que emprego, mas não pude pegar porque o limite era o 6º período. Que vida!

Agora tínhamos somente um dia de aula por semana!

Administração de produção - Continuação da matéria com o mesmo nome do semestre anterior, nenhuma novidade. Não lembro se a aula era lecionada pelo mesmo professor. A matéria era só mais enrolação, passava metade do tempo conversando com os outros bonobos na cantina.

Simulação de Negócios - AHHH!!!!!

TCC continuação - Agora para economizar tempo e trabalho a uniesquina pede para os grupos se juntarem e escolherem o trabalho que iriam entregar.

Escolhemos o trabalho que eu estava fazendo com a Paty e o puxa saco, o grupo ficou desta vez com seis cabeças! O objetivo agora era pegar o trabalho do semestre anterior resumi-lo para no máximo 20 páginas, contando com a capa e contracapa e realizar uma pesquisa de como aquele assunto estava sendo aplicando dentro de duas empresas. Assim como os outros bonobos inventamos grande parte da pesquisa, ninguém iria ter o trabalho de conferir para saber se os dados eram realmente sólidos (por isso não acredite em estudos absurdos, ainda mais esquerdistas).

A matéria foi toda online, não existiu apresentação, o trabalho foi impresso e entregue em CD.

Um tempo depois passei uma cópia para um ex-colega de trabalho, eu reli e vi quantos erros de português tinha naquele trabalho. Espero que não tenha sido publicado.

Estágio Supervisionado continuação - Aconteceu a mesma coisa com TCC, juntaram os grupos e era tanta gente que nem lembro a quantidade certa, a vadia que tinha debandado na primeira parte estava de volta. Utilizamos do meu trabalho, pois era o que estava com a melhor construção.

O que dava mais trabalho era ficar cobrando as partes das bonobas, só tinha eu como líder e o puxa saco de homem no grupo. Fiquei com as partes mais difíceis, pois saberia que as bonobas não teriam a capacidade de fazer, o trabalho delas estava um lixo, o prazo estava acabando e o material que elas me enviavam não só servia para limpar a bunda, praticamente refiz suas partes, para piorar o trabalho que a gente estava usando como base, os balanços não batia, o fluxo de caixa estava errado e na hora de fazer os índices ainda tive que lidar com conflitos de autores.

O trabalho final ficou com mais de 130 páginas, não houve apresentação e nem entrega em CD, o professor só pegou o trabalho impresso e deu 10 praticamente para todo mundo.

Viva aos novos formandos!

Tentei resumir ao máximo possível, a minha experiência profissional, pois não poderia deixa-la de fora já que será necessária para o entendimento da explicação.

No próximo post eu vou irei fazer as considerações finais, com minha opinião do que achei do curso, dados que comprovam a mediocridade do mesmo e porque aconselho ficar longe dele.

Para ler o último capitulo clique aqui.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Porque fiz Administração e me arrependi - Parte 4

Para ler a primeira parte clique aqui.
Para ler a segunda parte clique aqui.
Para ler a terceira parte clique aqui.

No quinto período, conversando com outros alunos eu vejo que a falta de disposição de continuar a formação não é só comigo. Todo mundo está de saco cheio, 90% estava no mesmo cargo e empresa desde que entraram na faculdade e não tinha nenhuma perspectiva de mudança.

Os que conseguiram alguma coisa, só mudaram de empresa mantendo os mesmos cargos ganhando praticamente a mesma coisa.

5º Semestre:

Planejamento estratégico - Outra matéria online, não me lembro de nada, pois só era a continuação da outras semipresenciais.

Estudos Jurídicos - Continuação da legislação. Outra matéria que deveria ser obrigação no ensino médio. Foi dada a história de toda legislação começando até pelo Código de Hamurabi, qual a utilidade de um vereador, senador, deputado etc. Ou seja, somente coisas que todo cidadão deveria ter conhecimento e aprendido desde o ensino fundamental!

Administração de material - Mais contabilidade de custos, agora focado na gestão de estoques, o assunto principal foi Gráfico dente de serra. A matéria não era difícil, mas o professor a complicava, o docente era daquele tipo que era amigão da turma, ia aos churrascos organizados por nós em um bar ao lado da uniesquina, mas que na prova lascava com todo mundo.

Administração financeira e orçamentária - A continuação da matemática financeira, o foco da matéria foi tabela Price e Sac. Não poderiam ter condensado com a matéria anterior? Graças a minha calculadora não senti dificuldades e percorri o semestre inteiro sem mistério algum. A única coisa que precisei foi decorar quais os botões apertar para ela dá os resultados.

Como sempre, nas matérias com cálculos os bonobos sentiram dificuldade. Tinha uma babuína que já tinha repetido a mesma matéria com o mesmo professor três vezes! Sim três vezes! Acho que não preciso dizer mais nada né?

Gestão de serviços - O próprio nome já diz do que a matéria se trata.  Prova óbvia, livro chato e repetitivo, já que pegaram um texto que poderia ser escrito em 15 páginas e fizeram um livro de 100.
Resumão:  Quando o foco não é o produto, trate o cliente como rei. Ainda havia chimpas com dificuldade em entender isso.

A impressão que tive sobre esse período:
Passou muito rápido, não sei foi pela quantidade de feriados ou se as matérias eram muito rasas. Ainda tivemos várias aulas que poderiam ser substituídas por palestras da semana do administrador. Se no primeiro período tínhamos aulas em quatro dias na semana, agora só tínhamos oficialmente 3, porque existia um dia com a matéria semipresencial quer era apresenta apenas uma única vez por mês.

Impressão minha ou esse período passou voando?

6º Semestre:


O tempo de arranjar outro estágio que pague bem está acabando e o contrato do estágio que estou também. Não tenho perspectiva de virar comissionado. O gerente do setor, que encarnava todo mundo, começa a pegar no meu pê, agora eu era o alvo das brincadeiras sem graça dele, com o término do namoro a zoação era diária e incessante, ainda bem que só passava 4 horas por lá.

O funcionário público como é um bicho incompetente, precisa criar gerências para gerenciar outras gerências, o setor que estou é dividido e fico trabalhando nos dois que surgiram, além do serviço que faço fora das minhas atribuições eu tenho que passar o trabalho para os novos estagiários incompetentes e displicentes. Repasso o serviço durante 5 meses para os bonobos e nada deles aprenderem.

Uma arquiteta da empresa terceirizada fica sabendo que meu contrato está acabando e me puxa para o quadro de funcionários dela. Antes mesmo de terminar o estágio, um amigo meu que vive trabalhando com produtos bancários me indica para uma vaga ganhando bem para um serviço de manutenção de celulares. Pura enganação! Queriam que eu escolhesse o local fizesse o exame admissional e pagasse do meu bolso para depois eles me reembolsarem. Esse meu amigo que é esperto e sortudo, não tinha necessidade de entrar nessa furada já que só a sua PL dava o salário anual dessa "oportunidade".

Meu estágio acaba e fico com o trabalho da terceirizada mesmo. A arquiteta que me chamou, fingia trabalhar, eu e os outros administrativos trabalhávamos por nós e ela, ainda bem que nosso serviço era pouco, o salário era proporcional, mas finalmente eu podia me dar pequenos luxos, descido ficar por lá até aparecer coisa melhor.

Ainda tinha de que voltar nos andares aonde eu estagiava para dá orientações aos energúmenos que achavam que eu ia sempre ter o otário aqui para dar suporte.

Matérias:

Simulação de negócios - De novo?! Outra matéria online só de baboseira.

Negociação empresarial - A arte de convencer alguém se ferrar sem perceber.
Resumo da matéria: Seja falastrão, infle o ego de quem você tem interesse, pague almoços, cafezinhos, passeios e se for preciso até pague o hotel tudo para fechar um negócio. Outra matéria que se resumia em 15 páginas, mas que o livro passava de 100.

Sistemas de informações gerenciais - Só uma passada de leve de como funciona o sistema SAP, funcionamento de banco de dados, ERP, CRMs e etc.

Eram tão interessantes as aulas que as vadias dormiam. Já viu alguma se interessar por tecnologia que não seja ostentação? Eu não.

Os trabalhos no final do semestre foram sobre os serviços empresariais do Google. Cada grupo fez de um produto diferente voltado aos negócios.

Administração financeira e orçamentária 2 - Contabilidade de novo! Agora para fazer uma análise usando indicadores, utilizei das mesmas tabelas que tinha feito dos balanços dos semestres anteriores só que com algumas modificações.

O livro indicado só tinha as fórmulas, parecia que o autor nem sabia do que estava falando 400 páginas de pura abobrinha. A internet ensinou melhor que o professor e a matéria de sala de aula. Graças a nossa bendita legislação tinham coisas que eram confusas quanto à escolha de passivos e ativos para a composição de certos índices.

Forma de avaliação: Prova e Trabalho em grupo.
Escolher três empresas de um mesmo setor. Comparar os balanços dos três últimos anos entre elas, comparar os índices, dizer qual a razão daquele indicador e através de uma pesquisa dentro da empresa escolhida dizer o que ela estava fazendo para mudar aquilo. Entregar um trabalho escrito nas normas ABNT e realizar uma apresentação. Muito trabalho para pouca nota, a prova tinha peso 2.

Relações internacionais - A Riqueza das Nações de Adam Smith, David Ricardo, balança comercial, cambio e etc. Até que enfim alguma coisa falando de economia de verdade com lógica. Até o momento eu só tinha estudando filosofias do Piçol misturadas com as matérias.

A professora era engraçada e realmente era uma empreendedora já estava com varias lojinhas na zona sul ganhando uma nota preta. Sua didática era péssima também, mas como a matéria tinha lógica era fácil de assimilar.

O melhor exemplo da globalização que ela deu em sala:

-Sabe aquele filme que mostra um empresário andando no meio do deserto e depois fazendo uma demonstração para vender armas em outros países? Então! Isso é globalização.

As bonobas:
- Mas qual é o nome do filme?

Ela começa a falar a mesma coisa de outra maneira e ninguém entende de qual filme ela está falando.

Bonobas:
- O filme é novo ou é velho?

Ela:
- É velho já passou até na globo!

Aí me toco que ela está falando do homem de ferro!

-É o homem de ferro professora? Ah é sim! Hahaha

Gênio, bilionário, playboy, filantropo, quem não queria ser esse cara?

Mais um semestre vencido.

A empresa que eu estava como terceirizado termina o contrato e a nova empresa sonda quais são os funcionários que gostariam de ficar por lá. O novo contrato só tem um único administrativo e adivinha quem foi o escolhido? (-_-*). Iriam dobrar meu salário, mas o trabalho triplicaria, continuo na mesma empresa, deixo aquele antro de néscios para trás. Dois anos perdidos da minha vida naquele buraco sem possibilidade nenhuma de crescimento com a depressão me consumindo cada vez mais, por fora sorria, mas só eu sabia o que sentia por dentro. Pelo menos na terceirizada minha superioridade intelectual me garantia o pagamento até conclusão da faculdade e um possível aumento de salário.

No próximo post falarei da diminuição da carga horária na faculdade, dificuldades dos bonobos em botar seus trabalhos nas normas da ABNT e minha aventura por vários contratos.

Até mais!

Para ler o próximo capitulo clique aqui.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Porque fiz Administração e me arrependi - Parte 3

Para ler a primeira parte clique aqui.
Para ler a segunda parte clique aqui.

Bem, chegamos ao terceiro semestre, estou estagiando em um órgão público, não trabalho muito, mas a minha quantidade de trabalho é muito superior a de vários concursados e comissionados. Espero ficar por aqui até o 4º semestre que é quando aparecem as coisas boas.
A namorada está perturbando minhas ideias, não me importo, pois ainda sendo um pobretão consigo me enturmar com o pessoal, estou de olho em umas tabacudas. O negócio é conseguir uma antes que nossa relação azede de vez.

3º Semestre:
Processo Decisório - Outra matéria online, resumo do blablablá: use sua experiência e intuição.

Marketing - Não entendia nada que o balofo dizia, nem sei como passei. As vagabas até hoje dizem que ele foi o melhor professor de marketing que elas tiveram. Claro! passaram se nenhuma dificuldade...

RH - Diziam que o professor era ruim, preferi não mexer na grade, aquela universidade era uma bagunça, os que fugiram dele se lascaram para arrumar a grade mais para frente.

Quem dava as aulas eram os alunos fazendo apresentações de partes da matérias e depois ele só complementava o entendimento. Foi mamão com açúcar aquela baboseira de cultura organizacional e motivação.

Legislação - Um tipo de matéria que todos deveríamos ter na grade do ensino médio. Foi apresentado como surgiu a legislação trabalhista no Brasil, a constituição, CLT, leis de periculosidade,  insalubridade, empregados domésticos e etc.
O professor falou o quanto era boa nossa constituição, apesar de dizer que ela é utópica. Só falou do lado do empregado (in dubio pro misero), agora custos, dores de cabeças e dificuldades de ser patrão, nada (achava que estava pagando um curso para ser empregador e não para continuar empregado).

Matemática Financeira - Outro show de horrores, os babuínos acham que é obrigação do professor ensinar coisas básicas que eles deveriam ter aprendido no ensino médio!
A professora pede para todos comprarem uma calculadora científica que será de grande ajuda na matéria dela e nas próximas, mas se comprassem a financeira seria melhor ainda.
Engraçado como as bonobas ostentação gostam de comprar coisas importadas e iPhone (parcelado em 18x), mas na hora do estudo compram uma calculadora de R$ 15,00!

Tive matérias de juros simples/compostos, juros equivalentes e etc.
A professora ensinava muito bem e seus exercícios apesar de serem tirados da internet tinham um grau de dificuldade bom, gabaritei uma das provas graças a calculadora. O mais engraçado eram os bonobos pendido cola, eu só dizia bota na formula! Na deles só precisava disso mesmo, não saber trocar as letras das fórmulas por números já era o fim da picada!

Na minha para fazer certos cálculos ainda tinha que jogar valores na memória dela para depois retornar. O ruim que ela só tem uma linha de cálculo, então na hora do desespero se não lembrar-se o que mandou para a memória, continuava o cálculo do mesmo jeito, na hora de tirar a prova, se o resultado batesse era um alívio, agora se desse errado dava para refazer rapidamente graças a notação polonesa reversa (RPN).

Para achá-la barata eu fui a uns estandes que vendem artigos de informática aqui no RJ bem mais barato que as lojas convencionais, comprei a modelo Platinum pela metade do preço, preferi pegar ela, pois tem o modo burro de calcular (ALG) quando não tiver fazendo operações financeiras. De qualquer forma ela está hoje escondida em alguma gaveta.

Mas Pobre por que você comprou a mais cara? Simples, porque ela sairia muito mais barata do que pagar outro semestre, não gosto de correr riscos meu objetivo era ter o canudo o mais rápido possível.

Paga eu HP!

4º Semestre

Começo a criar o calo sexual. Boas vagas de estágio que viviam aparecendo de repente sumiram, só continuavam aparecendo as ruins que exigem apenas os primeiros períodos e as que pagavam um pouco a mais eram em outros municípios que me levariam mais de 4hs de viagem só de ida e volta.

A uniesquina começa a oferecer iniciação científica e possibilidade de intercambio, mas somente para  quem era dos cursos de biológicas, por que faz isso comigo deus?!

As babuínas de que me aproximei nem me deram bola, a mais bonita me fez entrar na friend-zone sem nem saber o que era isso na época. As miquinhas facinhas não eram de meu interesse, naquela época eu achava que ainda existia a possibilidade por parte das mulheres terem a capacidade manter um relacionamento sério.

Desde sempre atrai mulher bizarra, então uma queimadora de filme colou em mim, todos começaram a dizer que eu comia ela, sempre neguei, pois nunca tive coragem, ela não escovava os dentes era cheia de perebas, vesga, gaga, gordinha, peitão caído e ainda por cima não se depilava. Minha situação era tão braba que se ela resolvesse escovar os dentes, eu a encararia e meteria o pé na bunda da primeira dama feliz da vida.

Imagine a Dona Gigi cor de barro.

O somatório de tudo começou a me dar depressão, eu já estava decidido trancar a faculdade, pois não estava vendo resultado nenhum. Vi que haveria possibilidade de pedir transferência para alguma federal ou estadual, só fazendo uma provinha besta. Era ali que eu tomei mais fôlego, pois não precisaria mais se preocupar com mensalidade e poderia reajustar minha vida.

Conversei com um amigo do trabalho, o curso dele tinha a duração de 5 anos, ele já estava nessa estadual já fazia 9! Tudo porque trancou o curso várias vezes, pois não aguentava a quantidade de greves, gente suicidando, impossibilidade de ter aula por não ter manutenção nas salas, banheiros inutilizáveis por falta de pagamento dos terceirizados e mais um milhão de problemas, pesquisei mais a fundo e vi que todas as outras também eram do mesmo jeito.
Decidi continuar lá, mesmo com todos os problemas ainda eram menores que nas universidades sucateadas.

Voltando as matérias:

Outra simulação de negócios - Outra matéria online só de blablablá que passou batida, mais liderança e gestão de pessoas.

Estatística - Ótima professora na hora de explicar, muita matéria, mas na hora das provas e trabalhos geral se lascava. Oh provinhas difíceis. Pela primeira vez eu via os bonobos frequentando a biblioteca para estudar a matéria e fazer os exercícios.
Passei por pouco, se tivesse errado alguma questão não passaria por décimos.

Continuação de Marketing - Desta vez aprendo realmente o que é marketing, como vender sentimentos e não produtos, fazer matriz BCG, que preço não é valor, o que é o valor agregado ao cliente e etc.
Aula muito chata, pois só eram slides com propagandas.
O professor tinha/tem (não sei) uma consultoria, apesar de não ter nenhum marketing pessoal (aparência péssima), para os outros ele dava dicas que realmente funcionavam.

Análise de custos - O professor tinha fama de ser ruim e realmente ele era. Vários alunos trancaram a matéria, aqueles que estavam com a grade bagunçada se lascaram ainda mais.

A matéria dele era só a continuação de contabilidade, mas agora focando nos custos de unitários de fabricação produtos em massa.

Tive que me virar, entendia quase nada. Pedia até ajuda a namorada, ela fazia sem reclamar e com muito gosto, pois ela tinha acabado de começar uma faculdade de contabilidade em uma uniesquina, que aliás até faliu.

No final o professor percebeu que sua didática era horrível (apesar de anos lecionando), para compensar saiu distribuindo pontos em trabalhos idiotas, então não foi tão difícil assim passar.

Continuação de RH - Segurança do trabalho, EPIs e treinamentos.
Resumo da ópera: não deixar que retardados prejudiquem o trabalho de alguém que só trabalha 4 horas por dia, desenhando mapinhas e corrigindo a postura dos outros.

Me junto ao um bando macacóides fracassados do fundo da sala, passamos a primeira parte do semestre só zoando a professora. Ela deu zero em nosso trabalho e apresentação, mesmo com pesquisas feita e um trabalho escrito impecável, ela alegou que era plagio, só porque a gente usou fontes parecidas de um artigo que nunca tínhamos visto na vida. Outros que fizeram na hora ou só trouxeram o material da empresa tiraram 10, fiquei muito puto, me separei desse grupo e fui recuperar o prejuízo, praticamente gabaritei a última prova, pois com a primeira nota zerada tive que fazer a avaliação suplementar.

Nos próximos períodos irei falar do fim do estágio, namoro, piora da depressão e reaproveitamento de matérias para encher linguiça.

Até a próxima!


Para ler o próximo capitulo clique aqui.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Porque fiz Administração e me arrependi - Parte 2

Para ler a primeira parte clique aqui.

Antes de iniciar as aulas, a escola de ensino técnico que eu tinha ligado perguntando os valores da mensalidade me retorna a ligação, dizendo que agora eles tinham uma promoção para mim que iriam fazer o curso pelo preço X (bem próximo ao que a minha namorada da época tinha pagado). Respondi a atendente, agora é tarde já estou fazendo faculdade.

Primeiro dia na universidade, vou com meu papelzinho com escrito a localização da sala, chegando lá as turmas mudaram de salas, vou para o andar que estava indicado no papel do elevador, falo com um rapaz que estava pensando na vida sentado em um banco logo a frente. Ele também era um calouro e não sabia aonde seria a aula, e ficou por lá mesmo esperando alguém responsável dizer em qual sala que iria ter a nossa primeira aula.

Entorpecido pela novidade (finalmente estou em uma faculdade!), nem me ligo que o andar que fiz o vestibular era completamente diferente de onde eu fiz a prova que parecia uma grande empresa de 1º mundo, mas no andar que eu iria estudar parecia uma repartição publica da década de 70.
Durante a procura ainda troquei de sala duas vezes, quando finalmente fui alocado para uma sala realmente cheia.

Não é porque é ensino superior que as coisas irão funcionar direito, afinal estamos no Brasil.

Dia de pagamento, eba!

1º Semestre
1º Aula, Economia, apresentação de tudo, o professor explica como é o funcionamento da faculdade, como é o calculo do CR e todas aquelas baboseiras típica das universidades das bananas.

É chamado o professor que irá dar as aulas de teorias da administração.

Ele vem com aquele papo, parabenizando pela escolha do curso, sua vida vai melhorar daqui em diante, faltam administradores no Bostil e que mesmo que preenchêssemos todas as empresas ativas com pelo menos um administrador nos cargos gerenciais ainda teria um grande déficit, os cargos de liderança hoje estavam sendo ocupados erradamente por engenheiros, pois a grande maioria não sabe liderar equipes e etc. (E realmente não sabem, se você já trabalhou em obra sabe disso).

Toda aquela enganação e papo motivacional típico dos falastrões. Eu achei o máximo, pensei no momento, acertei em cheio, vou ficar rico!

Aulas de apresentação, como gostei daquilo, fazer uns slides bonitinhos, falar um monte de baboseira e ser aplaudido. hahahaha

Nas aulas de sociologia, a professora só falava da vida pessoal, irmão drogado e sua convivência com a polícia. Todos na sala tinham a desconfiança que ela dava aula depois de apertar um.

Diferente do ensino fundamental e médio, toda matéria dada em sala de aula tinham partes em comum, o que facilitava o aprendizado, pois poderíamos discutir a matéria com as professoras mais ociosas (Apresentação e Sociologia).

O de economia nos lascava com matéria e fazia aquela pergunta cretina, o que você faz de meia-noite as seis da manhã?

O livro apesar de ser grande só dava os fundamentos, explicava muito mal a inflação e deflação, deixava com mais dúvidas do que explicava e não dizia por exemplo que o fator mais importante no controle da inflação é a impressão de dinheiro e o controle de crédito, ou seja, o responsável é o governo.

A primeira leva a abandonar o curso foram as Patys e os/as bestas que não sabiam o que queriam, alguns deles já tinham começado outros cursos, abandonaram e decidiram entrar nesse.
Outros abandonaram quando o calo começou a apertar, imagina você ter que ler um livro para cada matéria cada um com mais de 300 paginas para fazer apenas uma prova? Ter que escrever um trabalho com 30 páginas, coisa que nunca fez na vida e lutava para fazer uma redação de 20 linhas no colégio.

Como no segundo semestre de todo ano tem a semana do administrador, tinham aulas que eram substituídas por palestras de empresários convidados, todas aquelas histórias de superação, inovação e etc. só me deixavam mais ludibriado e gostando cada vez mais do curso.

Conciliar trabalho, livros, xerox, estudar para fazer os trabalhos. Não era tão fácil quanto imaginava.
Em menos de 2 meses já tinha arranjado um emprego, dessa vez em algo que gosto de fazer, transformei o hobby em emprego e ganhava razoavelmente bem se comparando a carga horária de trabalho, conseguir pagar o semestre todo, mas como não sou sortudo o produto não vendia bem, a empresa faliu e o contrato acabou.

Não tivemos trote e nem putarias igual em American Pie, os pobretões que cursam as uniesquinas estão lá para ganhar dinheiro, não para gastar.

Nas férias, consigo um estágio ganhando muito menos que o último emprego. Tiver que mudar de turno, pois o estágio era de manhã, voltava para casa para almoçar para de noite, ir à faculdade com isso eu tinha que botar dinheiro do meu bolso para a passagem. Só me sobravam cerca de R$ 100,00, era muito difícil segurar algum dinheiro. O namoro que era ruim, já estava ficando pior.

2º Semestre
Continuação das teorias da administração, agora falando das estruturas das empresas, departamentalização, reestruturação, tipos de hierarquias e etc.
Na turma noturna a maioria das salas eram compostas por mulheres.
No primeiro dia de aula, o professor pergunta aos alunos por que estão fazendo administração? Alguns alunos falam que é para subir de cargo na empresa, outros que é para abrir uma empresa e pasmem, a maioria diz que é para fazer concurso.
Como assim? O curso não tem ligação nenhuma com o que cai nas provas! O que esse pessoal tem na cabeça?

Comportamento Organizacional, professora gostosa que se casou com um velho rico, sua bunda chamava mais atenção que a aula, só me lembro de baby boomers, geração x, y e z.
Primeira aula foi como uma dinâmica de grupo. Você escrevia no papel seu nome, idade, no que trabalhava e o que gostava de fazer, dava para o(a) parceiro(a) do lado se apresentar como se fosse você.

Simulação de negócios, baboseira pura, mais liderança e gerenciamento de pessoal, a matéria foi semipresencial, quase tomei fumo porque a prova do professor focava somente nos nomes e datas do que os desocupados escreviam e não na matéria em si.

Contabilidade, as aulas começaram com matemática e os conceitos de débito e crédito, para quem nunca teve uma educação financeira passou dificuldades. Eu já usava o Excel para fazer os balanços e fluxos de caixa, trabalho só tive na primeira vez que fiz um depois nem precisava mais conferir, pois quando chegava na sala, estava tudo certo. Minha maior dificuldade foi explicar toda a matéria e passar cola para os bonobos que não conseguiam entender o que é Ativo/Passivo circulante e não circulante.

Matemática básica foi uma vergonha, mesmo sendo uma revisão de tudo, até de conjunto! As pessoas não sabiam resolver frações, regra de três e equação de 1º grau! Ali eu sentia vergonha alheia e queria voltar tentar alguma engenharia.

O estagio só durou 3 meses, queriam me contratar para ganhar mais R$ 100,00, não aceitei, logo depois arranjei outro pagando um pouco mais, mas que trabalhava bem menos e por ser de tarde eu já economizava uma grana, não precisava mais pagar passagem por fora, pois emendava na faculdade, ou seja, a ida e volta era paga pela empresa. A situação era tão feia que a namorada da época me deu um celular melhor de aniversário.

Não era o ideal, mas quebrava um galhão.
*imagem meramente ilustrativa


Na próxima post falarei do 3º  e  4º semestre, suas matérias e minha decisão de sair da faculdade.

Para ler o próximo capitulo clique aqui.