Seguidores

Google+ Followers

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

domingo, 31 de dezembro de 2017

Fechamento Dez/17: R$ 145.763,98 ou +R$ 103.081,99 (241,51%)

É meus amigos! Mais um ano se foi! Mais um ano socialmente perdido, mas financeiramente bem aproveitado. Lendo o fechamento do mesmo período do ano passado era clara a minha falta de perspectivas futuras. Recém operado, doente, sem grana, sem emprego e apenas dívidas futuras. Sequer fiz uma planilha de objetivos e planos para o ano seguinte. O ano de 2016 foi tão ruim que sequer lembrei de riscar os objetivos planejados em 2015 para aquele ano. Aliás, como como riscá-los se nem consegui cumpri-los? Somente na metade de 2017 que as coisas começaram a engrenar e voltar aos eixos.  Graças a minha mudança de mindset, contatos e tentar ficar em evidencia o máximo possível (quem não é visto não é lembrado), consegui um emprego, entrei de cabeça nas criptos e o dinheiro começou a fluir, cumpri alguns objetivos de 2015 e fiz financeiramente o mesmo de 10 anos em 2 meses.

É claro que tudo não está sendo flores, ainda estou sofrendo com a extração dos sisos, mas 2018 promete.  As pessoas com quem estive mais próximo nos últimos meses também são responsáveis por essa guinada em minha vida. Se antes só tinha a minha mãe esclerosada atrasando minha vida, hoje estou cercado de pessoas cheias de luz, esclarecidas e que sempre tenho algo de novo a aprender e evoluir. Em casa ninguém sabe de nada até que esteja pronto e não tenha como esconder. A inveja chimpa é a maior arma de destruição em massa. Se der certo ninguém sabe, ser der errado muito menos.

Tenho parceiros de negócios, pessoas com quem posso desabafar e ter ideias de onde lucrar. É uma pena estarmos todos tão distantes fisicamente.  A história é sempre a mesma, uma ilha de conhecimento cercada de um mar de bosta. Em um país desenvolvido seriamos no mínimo milionários, mas como nascemos nesse lixo, temos que primeiro que usar das próprias forças para andar por cima do mangue tomando cuidado para que nenhum parente o puxe de volta para a toca.

Perigo
No Brasil todo mundo quer suar parte sem ao menos fazer por merecer.

Enfim, vamos ao fechamento mensal e anual.

Blog

Vai ficar só como fechamento mensal, meu tempo está ficando cada vez mais escasso, blog não dá dinheiro (pelo menos o meu não) e ninguém trabalha de graça. O Fechamento me é útil como forma de controle, esclarecer e objetificar meus pensamentos. Moro em um zoológico/circo e as horas que passo fazendo o fechamento são as horas em que mais reflito sobre como estou levando minha vida, o que estou errando e o que devo fazer. Nem no trabalho consigo tempo livre ou paz.

Posts aleatórios, continuarão sendo aleatórios, pode ter mês que terá, como tem mês que só terá o fechamento mesmo. Esse mês que passou até iria escrever um post sobre as séries que estou acompanhando, mas deixei de lado, iria dar muito trabalho, além de que nos últimos episódios de uma que iria recomendar resolveu desandar politicamente, pelo menos a 2º temporada está garantida, espero que não fique politicamente correta como tantas outras.

Estudos

Terminei somente um 1 livro, Bitcoin - a Moeda na Era Digital do Fernando Ulrich. É impressionante como no Brasil basta ter marketing para virar especialista no assunto. Foram um dos tempos gastos mais inúteis da minha vida. O autor passa o livro inteiro tentando explicar o que é moeda, se o bitcoin é moeda ou não, indo e voltando com teorias dos autores da escola austríaca de economia para quando começar a engrenar lá pela centésima página fazer uma conclusão chocha e inconclusiva, já que a explicação do que é bitcoin é feita somente no apêndice. O livro apesar de curto se torna chato pelo proselitismo libertário e nem chega perto em tentar explicar de forma leiga para os não conhecedores de tecnologia o porquê das criptomoedas serem tão revolucionárias. Eu mesmo que entendo bastante do assunto fiquei puto com a quantidade de teoria vazia e informação prolixo contida no livro.

Se você quiser entender o que é bitcoin, o que são criptomoedas, porque elas são tão revolucionárias e como funcionam, procure os artigos e postagens do TecMundo. Lá eles explicam de forma simples, fácil e rápida de se entender.

Vou voltar com o curso de Unity 3d, que está pago e não feito. Essa é a prioridade. Violão vou ver se volto em 2018, achei entre minhas coisas uma coleção ensinando desde o zero, não levei muito a sério, pois o professor parecia estar dando a aula meio puto.  Se eu não seguir as dele, tem o do Fábio Lima que é excelente.

Inglês

Mesma coisa do mês passado, somente listening com vídeos do Youtube.

Corpo e Saúde

Já são 3 meses e a carteirinha do plano de saúde ainda não chegou 😫. Estou me recuperando ainda da extração dos sisos. A primeira extração já cicatrizou e agora está cicatrizando de dentro para fora tampando o buraco. A segunda leva foi mais fácil, menos dolorida, mas os pontos resolveram estourar antes da hora, enchendo o buraco de comida e inflamando. Já está tudo normalizado, mas para não piorar, toda vez que como alguma coisa já escovo os dentes logo em seguida, faço bochecho para sair o que tenha ficado nos buracos e fico passando gelo. Marquei com a ortondontista para o mês que vem para fazer a avaliação e o futuro aparelho. Por causa dos anti-inflamatórios pesados passei dias com tonturas, constipado, visão turva e sem noção de tempo e espaço. Mesmo sem cagar ainda estava  perdendo peso! Ainda bem que tive recesso para tirar esses dias descansando em casa.

Hobbies, Vida Social e Afins

Não fiz nada! Fiquei uma boa parte dos dias de folga, semana passada só trabalhei 1 dia. Mesmo que quisesse sair não poderia, pois, a tontura fraqueza causada pelos remédios não me deixava sequer sair da cama.

Comprei um smart TV box, paguei caro em um aparelho "ótimo" com 3GB de RAM, 32GB de armazenamento e o melhor processador do mercado pensando em utilizá-lo para além de ver TV, séries e filmes, jogar. Paguei quase R$ 500 nele. Só que é um péssimo aparelho para tudo! Até para filmes e TV o maldito trava! Os canais que o vendedor forneceu não tem nenhum em 1080p e as listas grátis que estão na internet são um lixo, quando funcionam travam mais que porta de banco. O pior é que os reviews dos chimpas que compraram o mesmo aparelho, mostram ser uma excelente aquisição. Vou ver se consigo instalar uma custom rom ou fazer um dual boot nele. Meu PC principal está indo dessa pra melhor e não estou a fim de gastar uma grana pra montar um novo.

Vida Profissional

Uma semana de folga + uma semana com apenas 1 dia trabalhado. Está bom ou quer mais? Serviço público é isso. E a casta ainda se acha estafada quando tem que carimbar 2 papéis.

Nesse único dia que trabalhei a véia ficou louca, pois o pessoal que deveria ter trabalhado no recesso não fizera nada, ficou ela e o estagiário botando as pendências em dia, já eu dei uma organizada no ambiente, passeei durante minha hora do almoço, puxei um pouco o saco do diretor exclui alguns e-mails e passei pelo prédio com papéis debaixo do braço para dizer que estava trabalhando. Ainda sai mais cedo com a desculpa de tirar os pontos da extração.

Operações e Financeiro

Não caiu um único centavo da MFII13, estou com um dinheiro livre na corretora e estou estudando se coloco em algum papel ou saco. Meu foco atual está em criptos, tanto que meu crescimento monstro de desse mês se deve a elas. E o crescimento foi tão absurdo que elas já compões 99% de toda a grana alocada que eu tenho. A chimpa da minha mãe todo dia pergunta como estão, todo dia cobra e sonha com os "juros" do dinheiro. Já perguntou até se dá para comprar um apartamento no nordeste e sim dependendo da cotação já dá, mas não falo nada. Só digo que vou pagar mensalmente que é isso que vou fazer. Imagina se ela soubesse que logo no primeiro dia que pus o dinheiro deles eu teve uma desvalorização de 8k?! No trabalho o pessoal ficou sabendo, mas não conseguiam entender como eu estava perdendo 8k e ainda sorrindo.

Para mexer com criptos tem que ter muito estudo e sangue frio. Principalmente sangue frio para ver seu patrimônio caindo 30% em um dia e mesmo assim ficar imóvel, pois sabe que logo depois esse "prejuízo" irá sumir. Quem agradece são as baleias que compram barato de quem se desespera. O pessoal nunca estudou um gráfico na vida, sempre "investiu" na Mega-Sena, telesena, jogo do bicho e já  quer entrar em algo perigosíssimo como criptos, sem um mínimo de estudos só porque o Zezinho deu a sorte e ganhou muito dinheiro com isso, o resultado disso? Tem que se lascar mesmo!

Graças aos cosmos e a burrice do povo médio o mercado saturou, quem ganhou, ganhou, quem não ganhou se f@#$. Assim o pessoal para de me perturbar pedindo dicas, pedindo pra eu investir o dinheiro delas, pra fazer vendas P2P e etc. Posso seguir na caminhada da IF sem curiosos puxando assunto comigo, achando que sou amigo só porque tem uma única moeda que está na boca do povão.

Miota
"Foi a Miota que me deu"
Continuo com a mineração de Curecoin e religiosamente entro no EOBOT para pegar os GHS grátis diários para aumentar o poder de processamento. Já estou pensando até em botar uns $ 100 lá de novo pra deixar minerando GHS e alguma shitcoin.

Finalizando essa bagaça...

A diferença em relação ao mês passado foi de 241,51%, representando em valores brutos R$ 103.081,99. Fechando Dezembro com R$ 145.763,98 de Patrimônio líquido total. Exatamente 1274,15% maior que no ano passado. Finalizando o mês com essa alta graças uma moeda que promete ser a Bitcoin e IOTA killer., sendo um zumbi social e viciado em gráfico de criptomoedas.

Divisão da Grana Patrimônio total
Divisão da Grana
Rendimentos
Poupança R$ 1,21
Juros do TD R$ 0
Aluguéis FIIs R$ 0
Total do Mês R$ 1,21
Acumulado Anual R$ 782,01

Feliz 2018 e que suas ações e atitudes lhe tragam felicidades, sucesso  e muita grana.

Abraço a todos!

BÔNUS:

Em 2015 fiz uma tabela de objetivos para 2016 que obviamente grande parte não foi cumprida. Será que esse ano cumpri pelo menos metade das metas? Vamos ver!

Projetos para 2016
Meta Prazo para iniciar
Botar aparelho Médio (3 a 6 meses)
Até arranjar um emprego definitivo (Manutenção mensal, cara no RJ).
FAIL!
Não consegui cumprir em 2016 e nem 2017. Somente em 2018 estarei colocando. Consegui um emprego definitivo e manutenção barata. 😀
Ir ao dentista e tirar os sisos Indefinido
Provavelmente eu faça no mesmo período que for colocar o aparelho.
2016 FAIL!
2017 MISSION COMPLETE!
Malhar e fazer dieta
URGENTE (é de graça)
Virando o ano eu refaço a agenda de exercícios e dietas nos aplicativos.
FAIL!
Passei os últimos 2 anos apenas recuperando minha saúde. Estou me obrigando a entrar em uma academia em 2018.
Entrar em uma academia de artes marciais. Longo (6 a 12 meses)
Até arranjar um emprego definitivo (mensalidade muito cara no RJ).
Se sobrevivi até hoje sem, não será hoje que morrerei de bobeira.
FAIL!
Nem sei sei será uma meta para 2018. Tem academias que já oferecem no pacote artes marciais, se for barato faço, se não for, deixo pra lá.
Curso de Inglês
URGENTE (quanto antes melhor)
Preciso de um emprego fixo!
FAIL!
🤔 Era para conseguir emprego. Já tenho um emprego que nem precisa de inglês. Se imigrar, irei pro Chile. Meu inglês está consideravelmente bom mesmo sem curso, então é outra meta a ser descartada.
Comprar um óculos mais estiloso Médio (3 a 6 meses)
Apesar do meu grau ser de fundo de garrafa consigo fazer ele barato no centro do RJ.
Pode ser uma das primeiras metas a serem cumpridas.
FAIL!Não fiz óculos em 2016 e nem 2017. Atualmente só preciso fazer um para dirigir, então, se fizer, irá ser um tosco mesmo.
Meta descartada.
Comprar lentes de contato Médio (3 a 6 meses)
200 reais é nada para uma melhor qualidade de vida.
FAIL!
Não fiz e nem irei fazer. Pois depois se tiver que fazer será bem mais cara que uma comum de farmácia.
Meta descartada.
Realizar uma operação para a correção de grau nos olhos. URGENTE (provavelmente realizável só em 2016)
Conseguir um emprego estável ou ficar desempregado de novo. A grana eu já tenho.
2016 MISSION 90% COMPLETE!
Essa foi uma das únicas que consegui fazer m 2016, gastei uma grana, mas não ficou perfeita. Ainda tenho que usar óculos em uma das visões, mas apenas para dirigir. Fiz nos 45 minutos do 2º tempo. Sofri demais com a recuperação em 2017, fiquei dependente de colírios, mas agora nenhuma vadia fala que tenho cara de nerd.
Ler 6 livros Longo (6 a 12 meses)
Essa vou bater fácil.
Tenho 4 livros físicos e mais 2 indicações online na lista. Pelo tamanho deles dá para ler um por semana.
MISSION COMPLETE!
Uma das mais fáceis, tenho o hábito de ler, então é uma meta fácil de se bater.
Arranjar um emprego pagando mais de 1.6K URGENTÍSSIMO!!!!
Quase impossível de bater.
Do jeito que está nosso país eu devo agradecer a d-us todos os dias por ter essa oportunidade, mesmo que temporária.
2016 FAIL!
2017 MISSION COMPLETE!
Na época que escrevi o post estava ganhando  1.6k. Em 2016 regredi a um pouco mais que um salário mínimo para depois passar 1 ano desempregado. Hoje estou ganhando  1.8k. Poderia estar ganhando mais, mas é melhor contentar  por enquanto só com isso, melhor do que não receber nada.
Morar Sozinho URGENTE
Só depende do item anterior, sem um bom salário, não há possibilidade de morar sozinho.
FAIL!
Nem vou colocar como uma meta para 2018. Atualmente ajudo nas contas de casa e está tudo mais tranquilo, apesar da privacidade ainda ser zero.
Só o tempo dirá se irei conseguir morar sozinho ou não.
Meta descartada.
Fazer um mestrado Médio (3 a 6 meses)
Só consigo começar na metade de 2016.
Preciso de um emprego que me pague bem, pois conseguir de graça e ainda um bolsa para estudar é praticamente impossível.
FAIL!
Na época do desespero ainda achava que seria bom entrar de cabeça em um mestrado. Hoje não tenho paciência alguma para estudos acadêmicos. Ainda mais com as universidades tão distantes da realidade como estão atualmente. O que não me pode trazer dinheiro a curto e médio prazo nem me incentivo a fazer.
Meta descartada.

Metas batidas em 2016: 2/12 - Que vergonha!
Metas batidas em 2017: 3/12 - Melhorou, mas podia ter sido melhor.
Metas para 2018: Apenas 3: Academia, aparelho e livros. Tá bom não tá não?

sábado, 2 de dezembro de 2017

Fechamento Nov/17: R$ 42.681,99 ou +R$ 31.024,39 (266,13%)

Blog

Pela primeira vez em mais de 2 anos, atraso uma postagem. Não foi por esquecimento preguiça ou qualquer outra coisa parecida, foi questão de saúde.

Estudos

Terminei 2 livros, A Anatomia do Estado do Murray Rothbard e O Sexo Polígamo da Esther Villar. São livros antigos, mas extremamente atuais. Além de serem curtos, A Anatomia do Estado por ser apenas uma introdução ao anarcocapitalismo é simples, com leitura rápida, agradável e empolgante, é possível terminá-lo em menos de 2 horas. Fala a mais pura verdade sobre os tolos que lutam guerras por seus ídolos, pátrias e etc., como intelectuais e artistas sempre defenderão a existência do estado, assim como outros inúteis que sem a existência do mesmo não produziriam nem o suficiente para a sua subsistência, já que a grande maioria desses "influenciadores" nunca produzirão um valor real a qualquer um que seja para a sociedade. A saída para eles é sempre usar da sua "inteligência superior" à da população média para manter seu próprio salário governamental dando em troca uma falsa influência que os mesmos têm na sociedade (isso explica muita coisa da era cientificista que vivemos hoje).

O Sexo Polígamo, mostra que a vida desgraçada que o homem tem é culpa dele mesmo, causada principalmente pelos traidores do próprio sexo, aqueles que são fracos aos olhos de outros homens e mulheres. A única saída desses seres foram desenvolverem-se em outras áreas acabando indo trabalhar em núcleos de intelectualoides, estes que acabam sempre influenciando parte da sociedade e leis. Há coisas tão verdadeiras, mas que se alguém da grande mídia falasse abertamente da farsa, a primeira coisa seria perder o emprego e até capaz de ser preso(a).

Estou pensando em começar um curso de eletrônica, mesmo que não precise utilizar do conhecimento no atual momento, mas possivelmente será útil em um futuro próximo. Encontrei um "barato", mas pelo relato do pessoal que conversei sobre o curso, ele é bem corrido e são apenas 6 aulas. Tem cursos online, mas não consigo me concentrar para nada em casa, além de que fazer em casa não dá networking.

Inglês

Mesma coisa do mês passado, somente listening com vídeos do Youtube.

Shall we shag now, or shag later?

Corpo e Saúde

Acreditem se quiser, já fez 2 meses e a carteirinha do plano de saúde ainda não chegou!  Academia pelo jeito vai ficar só para o ano que vem, já que a recuperação das extrações dos sisos levarão bastante tempo.
Dente doendo
Malditos!
Como nada que faço nessa vida tenho êxito de primeira, resolvi tirar os sisos do lado que mais incomodavam primeiro, a retirada até que foi rápida o foda foi que o dentista estava usando uma ferramenta já desgastada, então a maldita escorregou umas 4 vezes ferindo o fundo da boca. As primeiras horas após a cirurgia foram as piores, cuspindo sangue toda hora. Tomei os remédios e fui tentar dormir, mas quem disse que a família iria colaborar? Vivo com um monte de chimpas e na hora que eu conseguia tirar um cochilo o maldito do meu irmão soltava um berro e me minha mãe emendava com outro. Se fosse em um dia normal eu já teria amassado a cara dele, mas por estar debilitado e não poder fazer isso o maldito se aproveitou. Nesses 2 primeiros dias estou de repouso e os próximos 5 não posso fazer nenhum esforço. As retiradas dos 2 próximos faltantes serão na metade do mês, caso não consiga, pois cairá em uma quinta, remarcarei para dia 22 próximo ao natal (oh vida de merda).

Hobbies, Vida Social e Afins

Não fiz nada! Passei o mês recluso, não porque eu queria, mas por ser dispensado pelos conhecidos. "Vamos ao tal lugar?", "Tem evento em tal lugar, bora?". Tudo que recebi foram várias desculpas e nãos.

Vida Profissional

Como a maioria dos locais públicos, a vida de funça é fácil, mesmo estando um terceirizado de licença e um funça que tirou férias, o trabalho não desandou, continuou no mesmo ritmo, era como o setor nunca tivesse um dia precisado deles. O mais engraçado é a funça mais antiga da sala criticando quem critica funça. Ela passa seus dias apenas lendo notícias (algumas de portais bem duvidosos), "viajando" pelos países, reclamando das reformas que estão acontecendo nas aposentadorias e porque ela ainda não se aposentou.

Logo que os 2 voltaram, comecei a voar mais ainda do que eu estava voando, por acaso eu teria que ficar sentado vendo apenas tempo passar?! Claro que não! A internet é toda bloqueada e monitorada, então passeio mesmo. Sexta agora o pessoal estava tão à-toa que essa servidora ficou puta, soltando indireta "Depois ficam falando dos funcionários públicos". Mas a culpa não é minha ou dos outros funças. O sistema obriga as pessoas ficarem ociosas, é tanta regra e tantos procedimentos que devem ser seguidos que uma fazenda de baterias que foi instaladas na Austrália em apenas 60 dias demoraria pelo menos 10 anos aqui.

O bom é que já conquistei a véia maconheira, já percebeu que todo comuna gosta da erva? Dei conta tranquilamente do trabalho que os 2 vagabas deixaram para mim e ganhei crédito com ela.

Estou tentando conquistar o diretor, sem precisá-lo comer ou dá para ele, sim ele é homossexual. Em um dia que ele estava bastante atarefado ofereci um bolo que um engenheiro tinha comprado em nosso setor. Soube que ele gosta de bolo pelas suas secretárias. Estou cercando por todos os lados, quero conquistar um cargo comissionado, pois mesmo ganhando menos (inicialmente) os benefícios valem a pena, só de plano de saúde recebem mais de 800 reais!

Terça é dia de pizza, vou comprar mesmo não podendo comer.

"Quem não puxa saco, puxa a carroça."

Operações e Financeiro

Os FIIs me decepcionaram mais uma vez, além de rendimento baixo, não caiu um centavo da MFII13, me livrei de todos eles com exceção desse último, pois se pudesse também teria se livrado dele. Fiquei impressionado com o lucro tirado da venda, a valorização deles foi monstra, tanto que só de valorização tirei R$ 1.016 de lucro em um pouco mais de 1 ano, tendo que pagar R$ 148 de imposto de renda, pois abati uns prejuízos passados. Uso a bússola do investidor para manter o controle da minha carteira sobre esses ativos e cálculo de imposto, mesmo a versão grátis calcula, só não gera as boletas, essas ou você paga para a plataforma fazer ou faz na mão mesmo, eu faço na mão.

Me livrei também dos TDs, seus rendimentos não estavam mais lá essas coisas e vejo locais melhores onde posso colocar meu dinheiro. Além de não financiar a gastança governamental. Não faço nem ideia de como calcular os impostos ou se a corretora já tirou antes de mandar a grana para a carteira (acredito que não), se tiver informações sobre isso, escreve aí no comentário por favor.

Já o rendimento da poupança nem conta, pois raspei elas para compra outras coisas.

Comparação de rendimentos

Os FIIs deram um salto no gráfico, pois os vendi após os rendimentos serem pagos, a porcentagem pode parecer alta, mas o valor foi até menor que a do mês passado, como demonstrado na tabela no final do post.

Mas porque eu vendi todos os meus investimentos? Simples para investir em criptomoedas! Elas são aquelas oportunidades que aparecem uma vez em cada década e olhe lá. Qualquer tipo de investimento tradicional virou conservador. Sim o risco é grande, mas os lucros são ainda maiores!

Infelizmente como tenho o costume de fazer merda na flor da emoção, comprei nas altas e estou amargurando um prejuízo. No dia em que o BTC menstruou cheguei ter 8mil de desvalorização! Sem falar que estou comprando de exchanges brasileiras, nossas corretoras são péssimas, mas comprar nas do exterior ainda é mais complicado, então acabei pagando o preço de mais de 10% ágio. Pior que comprar com cartão de crédito no exterior ainda está saindo mais barato! Se não fosse pela demora e baixo limite só usaria crédito.

"Como assim? Desvalorização de 8k? Se eu você tinha um pouco mais de 11k?" Pois é, consegui um empréstimo de 30k com meu pai. Sim o convenci ele a botar dinheiro nessa loucura. No dia da desvalorização monstra entrei em depressão e desespero pensando no tempo que demoraria para pagá-lo. Um ano e mio ininterrupto pagando meu salário inteiro mais a venda do meu VR, isso se continuar com esse emprego pelos próximos 2 anos. Pensando que com esse valor perdido poderia ter comprado um fusca e tirado um lucro em cima. Pela grande fé no Bitcoin, a carteira não morreu e se recupera bem.

No momento tenho quase 1btc cheio e pelo que vejo não irei conseguir completá-lo nos próximos 6 meses, já que as previsões só mostram altas monstruosas. Fico com inveja de quem comprou logo no começo. Facilmente já estaria milionário!

Continuo minerando Curecoin no PC de casa, continuo entrando no EOBOT para pegar os GHS grátis diários e recuperar o poder de processamento. Depois que recuperar o preju irei diversificar melhor a carteira de cryptos, já que mais de 96% da grana está alocada apenas em Bitcoin. Apostar em alguma shitcoin promissora para alavancar ainda mais o património.

Finalizando essa bagaça...

A diferença em relação ao mês passado foi de 266,13%, representando em valores brutos R$ 31024,39. Fechando Novembro com R$ 42681,99 de Patrimônio líquido total. Exatamente 265,81% maior que no ano passado. Finalizando o mês com essa alta brutal, sendo um zumbi social e viciado em gráfico de criptomoedas.

Divisão da Grana Patrimônio total
Rendimentos
Poupança R$ 0,74
Juros do TD R$ 10,88
Aluguéis FIIs R$ 43,70
Total do Mês R$ 55,32
Acumulado Anual R$ 780,80

Esse mês foi cheio de emoções, vamos ver como dezembro prosseguirá.

Abraço a todos!

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Virei Funça!

Sim é um título chamativo, mas é quase isso mesmo. Como prometido no meu último fechamento, está aqui a atualização sobre meu “novo” emprego.
Continuação...

Aguardando ansiosamente pelo emprego prometido, fico quase 2 semanas no aguardo. Fico pensando que o período que estava passando seria exatamente o início do emprego que dispensei. Fiquei bastante ansioso, pois nunca confiei plenamente nas pessoas, sempre só apareceram aproveitadores em minha vida e esse emprego prometido poderia ser apenas mais uma promessa furada.

Quando em uma terça-feira recebo uma ligação na hora do almoço.
-Alô! É o Bozo?! (apelido em alusão ao nome de outro palhaço que eu tinha nesse local de trabalho)
-Sim sou eu?!
-É o Roberto!
-Que Roberto?
-O Roberto, o primo do Jamil, aquele que tá no grupo de putaria do Whatsapp.
-Ah, pera ai...Antônio?!
-É sim, Antônio é meu sobrenome, fala aí Bozo! tô te ligando porquê você tem que passar na sede da empresa com toda a documentação, a estagiária ia te ligar ontem, mas esqueceu de te ligar. Anota o endereço aí: xxxxxx, é em uma casa verde logo após uma curva, pelo menos foi assim quando eu vim de São Gonçalo, tu tem que pegar a linha xxx na Leopoldina e salta logo depois dessa curva. Tu já tem toda a documentação né?
-Ah não tem problema não cara, eu me viro aqui com o ônibus, já tô com toda a documentação pronta, mas é pra passar lá quando?
-Se puder agora, era pra gente já ter te contratado. Você vai começar na quinta-feira agora.
-Ok então, valeu cara, já to indo pra lá.

Nisso termino de almoçar e junto a documentação que eu já tinha pronta para as várias entrevistas que tinha participado. A única coisa que estava me atrasando eram as malditas fotos 3x4. Como frugal que sou. Tenho uma delas escaneada no computador e papel fotográfico. Como com pressa ninguém faz nada direito cortei a porra toda torta, joguei no lixo e imprimi mais uma folha, então pedi para a desocupada de minha mãe cortá-las enquanto eu tomava banho. Aquele ditado que diz: Não peça para que outros façam o que você mesmo pode fazer. Ela estava cortando as fotos todas com bordas.

-PQP mãe! Tu já viu foto 3x4 com bordas?!

Aí ela começou a cortar a porra toda tão torta quanto eu mesmo estava cortando com as mãos tremulas por tanta pressa. Peguei puto da vida as menos tortas e voei para o outro lado da cidade. Duas horas depois estava próximo ao ponto que descer. Os lixos dos GPS, como sempre, nunca estão corretos, maldito Moovit. Desço praticamente no meio do mato. Olho para o número da casa mais próxima a maldita tinha 2 numerações. Sim isso mesmo 2 números diferentes com a diferença de uma centena e ainda por cima sendo um número par e outro ímpar (vê se pode Arnaldo?), voltando um pouco o sentido da estrada a próxima casa também tinha 2 numerações e para minha surpresa um subia e o outro descia. O número que estava mais próximo de onde eu deveria estar era o que subia no sentido da via. Então o corno aqui começou a seguir o sentido da via. Só que tinha uma curva fechada que não dava mais para ver a civilização próxima. Fui andando feito um trouxa, do outro lado da rua só tinha aquelas lojas bizarras que expõe seus vasos, estátuas e outras coisas de jardins na beira de estrada, então não tinha nem ser como ali, apesar da numeração informar que ela exatamente do lado onde eu estava. Depois de uns 10 minutos de caminhada, seguindo a estrada cercada de apenas mato e da curva, o primeiro sinal de civilização após uns 300m me mostra que a numeração já tinha passado e muito o local da empresa.

CACETE! Essas porras só acontecem comigo! Atravesso e volto tudo de novo só que agora do outro lado, só que para minha surpresa, a numeração também era ímpar! Que lugar foi esse onde fui parar?! Ainda estava chovendo, um lamaçal desgraçado e eu tinha que ficar atento aos carros que poderiam passar em cima das poças e me dar um banho.
Vou descendo a estrada e olhando a numeração, quando vejo a maldita casa verde com um pequeno banner com o nome da empresa. Isso do outro lado de um retorno perigosíssimo.

A entrega da documentação foi tranquila, na volta comprei um milk-shake de prestigio (para me presentear pela conquista) no Mcdonalds no shopping no único ponto a 2km de distância da empresa. Nessa brincadeira perdi cerca de 5 horas naquele dia só no translado.

Durante o retorno ao meu cafofo, Roberto me liga para me informar que diferente do que o RH tinha dito eu já começaria no dia seguinte. Loucura, loucura, loucura!

1º Dia

Qualquer coisa nova me embrulha o estômago, me deixa apreensivo de como será. Mesmo não sendo um novo emprego em si. A expectativa de como seria a nova empreitada me deixava bem ansioso.
Ao pegar o caixão metálico, aquele ar-condicionado quebrado, abarrotado de chimpas até as portas, fiquei refletindo, é isso mesmo que eu quero? Voltei a rotina, será que vou morrer fazendo isso? Como trabalhar é horrível.

Eu vendo a vida passar diante dos meus olhos.

Me apresentei na portaria e a recepcionista até me reconheceu assim como alguns seguranças, fui para o QG da empresa depois de assinar uma cacetada de papéis, depois fizeram comigo e os novos funcionários um tour pelo andar inteiro onde estaríamos alocados, conhecer o novo chefe do local e etc.

Na verdade eu voltei ao mesmo local de trabalho onde eu supervisionava piões. Só que voltei na área administrativa em outra gerência, ganhando muito menos, mas com menos perturbações e com gente boa, diferentemente do psicopata com quem trabalhei uns anos atrás. Pelo menos estou empregado e o vale refeição ainda é maior que o salário líquido do meu emprego de merda.

Quem segue minha caminhada durante os fechamentos, sentiu como está difícil arranjar um emprego em um estado falido como o inferno de janeiro. Ainda mais pelo estado ter como contratante direto quase 20% da força de trabalho formal e muito mais indiretamente (por terceirizados), essa dependência estatal poderia somente ter um único resultado. Se o governo vai à bancarrota, é inevitável que a população acabe se ferrando logo em seguida. Mas diferente de vários órgãos estaduais, esse é um dos únicos que está expandido feito louco apesar de não ter justificativa lógica, ética e moral.

Tá mas o que é que eu faço?

Eu auxilio administrativamente (Severino) um dos funças que me indicou pela terceirizada que por enquanto está sendo meu costas quentes, assim como o amigo que ainda continua supervisionando piões, só que agora sem tirar o cu da cadeira, pois proibiram de ficar andando atrás dos piões. Duas únicas palavras definem essa imposição a ele, expansão e orçamento, tem que justificar essa porra, senão no próximo plano orçamentário não tem como pedir mais grana, já que se não gastar tudo, o próximo ano há redução do orçamento, então tem que ficar criando cargo, contratando pessoal e especializando o serviço pra justificar os gastos, serviço público é isso.

Passo boa parte do meu tempo tomando conta dos negócios paralelos desse funça, enquanto ele também fica tocando seus negócios durante as horas vagas que é 90% do nosso tempo. Nesse meio tempo o supervisor de piões fica procurando emprego e no WhatsApp (duvido ele encontrar algo na iniciativa privada pagando mais do que ele recebe hoje).

Não estou ganhando bem, mas também não estou ganhando mal. Ganho até mais que alguns comissionados que recebem apenas 2 salários, puro, sem nada. O pessoal ainda fica tocando na minha ferida dizendo que eu não deveria ter pedido demissão, mas eles não estavam na minha pele. Eu descrevo +- como foi minha experiência como estagiário com esse gerente neste post e os resultados físicos da minha volta como supervisor de piões com esse mesmo psicopata no fechamento de outubro de 2015 e na retrospectiva de 2015. Minha única saída seria a demissão mesmo, pois apenas pedir minha transferência ou até mesmo aceitar a oferta do cargo comissionado (mas ainda sim subordinado a ele), não resolveria meu problema, que seria o de ficar mais longe possível daquela figura morfética.

O funça que me chamou de volta até me dizia na época que eu iria pedir para voltar. Sim pedi para voltar, mas não para ele ou qualquer outro relacionado nas gerências. Não queria ser humilhado novamente e dar o braço a torcer. Mas já no desespero, após o emprego de merda e outros temporários, pedi uma vaga para meus contatos das terceirizadas. Bem, hoje estou de volta, não com um salário obsceno (estaria ganhando mais de 3k + benefícios), mas com dignidade, tempo livre e respeito.

Como são os funças com quem trabalho.

Descrever um funcionário público (servidor ou empregado [foda-se]) é descrever todos os outros, é impressionante como só mudam de endereço, pois todos se comportam iguais diferenciando os apenas pelo nome, matricula, salário, ídolo político e time de futebol.

Todos entram como se fossem mudar o mundo, apenas decorando um monte de besteiras que provam somente que você é um bom conhecedor da máquina pública, coletivista e que possivelmente é fiel ao estado. Por consequência todos acham que são melhores que todos os outros apenas por passar em um teste de decoreba.

O que eles acham que são.


E o que realmente são.

Pobre Sofredor, retrate-se! Nem todo funça é preguiçoso e não é só decoreba!
Nem todo funça é preguiçoso, mas o sistema o força a ser. Não adianta ele tentar adiantar o seu lado se a resposta dos outros departamentos demoram 7 dias para ser respondido.

E quem disse que não é decoreba? O que mais vejo é funça com problemas informáticos, com português, raciocínio lógico e outras coisas básicas que se aprende nos cursinhos e é cobrado em prova. Não tem prática no mundo real, mas apenas teórico. O setor de informática nem atualiza os sistemas, pois se mudar a cor de um ícone, eles já inventam dificuldades e fazem o serviço de forma mais lerda possível.

“Como tiro a porcentagem desse valor aqui?”
“Como boto fórmula no Excel?”
“Não tô achando os e-mails na pasta tal, me ajuda aqui?”
“Como é a abreviação de vossa excelência/excelentíssimo?” Depois de digitar umas 10 vezes de forma errada no Word e só aparecer o sublinhado vermelho, meia hora depois decide jogar no Google para ver como se escreve.

Coisas simples como uma resposta de 5 linhas podem demorar até 2 dias para serem escritas. Isso porque sempre há coisas mais importantes e urgentes para se fazer que aparecem no meio caminho, como:
Planejar as próximas férias.
Planejar o destino do próximo feriadão.
Verificar quantos abonos já utilizou e se vai conseguir emendar uma semana de folga.
Em que lugar do mundo vai gastar a licença-prêmio.
A tabela do brasileirão.
As eliminatórias da Copa.
A pausa para o café.
A pausa para conversar com outros funças sobre as viagens que internacionais que fizeram e quais serão as próximas.
A pausa para pedir sugestões de países para a próxima férias.
A última corrida da Formula 1.
A ressaca do fim de semana.
O jogo de quarta-feira.
Os carnavais antigos e próximos carnavais.
Abrir o G1, Carta Capital, Foice de São Paulo para ver as notícias políticas.
Abrir o Globo esporte e comentar sobre o brasileirão.
Calcular quanto tempo falta para a aposentadoria.
Fumar.
Reclamar que o ar-condicionado está muito frio e não pode trabalhar.
Reclamar que a sala está muito quente e não pode trabalhar.

O lema é, se demorou para chegar aqui. Não tem pressa para reencaminhar/responder.

Reclamam do salário, mas vivem no carpe diem. Se acabou as folgas, mete um atestado. Se acabou a grana da viagem, pega mais um consignado. Afinal de contas, o salário é garantido, nunca vai ficar desempregado e sem grana. Por isso o que mais aparece na tv desse estado falido é funça desesperado porque não tem um único centavo, já que nem o lixo da poupança existe para eles, e quando a estabilidade prometida pelo papai estado não é cumprida (não sei porque acreditam tanto nisso) esperneiam iguais a crianças birrentas para ter o salário em dia. Eles têm que ver que tem gente desempregada a muito mais tempo do que eles estão sem receber e sem ganhar NADA! Se o setor produtivo da sociedade não produz, não tem como pagar o salário deles simples assim. É preciso que os meros mortais trabalhem para eles receberem. Não pensam nem em vender nem que seja um pouquinho para ajudar nas contas, é mais fácil chorar e contar história triste. Empreender não é vergonha pra ninguém.

Tem uns tão caras de pau que se orgulham de dizer que nunca tiveram uma carteira de trabalho ou que desde que entraram na máquina pública não trabalharam mais um único dia de suas vidas.

Sem falar nas picuinhas que fazem para preencher o tempo ocioso, como tomar posse de lápis, caneta e borracha dizendo que são deles. Discutem política, xingam uns aos outros de comunistas sendo tão comunistas quanto. Desqualificam e desdenham qualquer pessoa que não seja da patota esquerdista que predomina a mídia e seus pensamentos. Passam o dia vendo fotos históricas e comentam sentindo saudades de um tempo que sequer viveram, dizendo que era melhor e etc. E quando perguntados que países já visitaram ou gostariam de visitar, só sai da boca deles países livres e ricaços como Chile, EUA, Austrália, Emirados Árabes, Canadá e etc.

Os com mais tempo de casa nem ligam mais para horário, chegam depois do almoço e saem as 16:00. Depois só justificam no RH que aceitam sem falar nada, afinal de contas funça não trabalha pelo seu salário. Eles merecem ele por ter passado em uma prova. São especiais e fazem um trabalho qualificado e importantíssimo para a sociedade, pensam eles.

No interior a ociosidade é tão grande que o horário oficial é apenas de terça a quinta!

Como a maioria dos órgãos públicos, há também uma politicagem nojenta onde trabalho. Antigamente era mais, mas ainda continua tendo. É indicação de fulano para criar uma vaga para o sobrinho. E indicação de sicrano para botar a amante. E indicação de Ares para arranjar uma vaga para o Genro. É indicação do capeta para por seus lanchinhos com a desculpa de exibir uma imagem de diversidade na instituição.

Eu mesmo atualmente trabalho com um estagiário que o RH jogou na gerência, sem ninguém pedir ou ter necessidade. Depois de um tempo descobrimos que o merdinha tem o salvo conduto para ficar suas 4 horas no Facebook, celular e se recusar a atender o telefone, pois toda a família é dos altos cargos da instituição.

E quem bota essa porra para funcionar?!

Vou reformular a pergunta. “Quem construiria as estradas?”😂. Os terceirizados e estagiários interessados em ter qualquer tipo de emprego fixo. Um terceirizado faz o que 5 funças não conseguem fazer. Até um estagiário que não seja indicação faz em apenas 4 horas o que um funça faria (se fossem interessados) em uma semana de três dias). Quem faz a máquina pública funcionar são as terceirizadas, o governo há muito tempo usa a terceirização para a atividade-fim, oficializar isso só diminui ainda mais a quantidade funças e futuras contratações, por isso espalham como loucos que isso seria o fim da CLT, que seria ótimo, não acha não?

Então como voltei, mas agora para um bom local de trabalho, estou usando meu prestígio para resolver meus problemas de saúde. E como consegui esse prestígio? Comprando os funças e outros terceirizados com bolachas, biscoitos, chocolates, pizza e etc. Quem não gosta de coisas grátis?! Faço questão de parecer bonzinho para garantir minha permanência no trabalho, já que não tenho estabilidade e nem costas quentes garantidas por alguém do alto escalão. Para ser um funça completo só me falta ter a bendita estabilidade.

Bem é isso, se tiver alguma curiosidade deixe abaixo.

Abraços!

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Fechamento Out/17: R$ 11.657,60 ou +R$ 444,47 (3,96%)

Blog

Quase que não faço a atualização em dia. Tenho várias ideias de posts, algumas até rascunhadas, mas muitas não passam de pensamentos vagos e bestas, muitos até inúteis e infrutíferos. Não teria nem como aproveitar para um Twitter, pois não daria para resumir em 140 caracteres. Pequeno para um post, enorme para um tweet.

Continuarei com posts quinzenais aleatórios, descobri como profissionalizar o blog sem perder o SEO e Ranking do Google, mas como ninguém lê, não valeria a pena me profissionalizar em algo que é apenas um hobby e só retorna alguns centavos de bitcoin. Por falar nisso? Já clicou em algum AD? Obrigado! 😁

O motivo do quase atraso é o seguinte: CONSEGUI UM EMPREGO! Sim amigos voltei a escravidão celetista, mas não é uma senzala moderna, se der tempo detalharei mais à frente.

Estudos

Terminei 2 livros só por entretenimento, foram rápidos porque além de curtos, conseguir aproveitar o tempo livre no trabalho para ler umas 4 ou 5 páginas de uma vez. Como tenho toque, terminei o livro As 100 Piores Ideias História só para não deixar algo inacabado. Oh livro besta! É apenas um compilado de curiosidades bem rasas tipo lista do Buzzfeed. Já o outro, Oportunidades Disfarçadas, é um ótimo livro! Conta como foram criadas as mais diversas empresas, marcas e invenções que até hoje tem uma forte presença em nossa sociedade. Uma aula de sagacidade, expertise e inspirações para quem tem a gana de mudar o mundo ou apenas quer resolver um problema rotineiro. Dá 1000 a 0 naquele livro piramideiro do japa safado Kiyosaki (Negócio do Século XXI).

Na verdade, li 3, mas esse era de introdução a desenho, então não conta.

Estava até me preparando para um concurso que irá acontecer agora no final de novembro, desisti por ter conseguido um emprego e por ser apenas para cadastro de reserva. Como não há previsão de vagas para o inferno de janeiro eu iria gastar quase 2k só de passagem para fazer no meio do mato, onde a relação candidato/vaga e média de nota são uns dos mais baixos do Brasil.

Inglês

Somente listening com vídeos do Youtube. Preciso praticar conversation, baixei até alguns aplicativos para isso, mas até agora não toquei neles.

Show me the money!

Corpo e Saúde

Ainda não voltei a fazer os exercícios HIIT, sequer me recuperei completamente do meu último emprego de merda. Assim que a carteirinha do plano de saúde chegar, irei usar como se não houvesse amanhã. No outro eu só pagava e não usava, quando resolvi usar foi quando fui demitido e cancelaram logo em seguida em menos de 3 semanas, poderia correr atrás e denunciar na ANS, mas pela fragilidade da minha saúde e dor de cabeça que poderia ser gerada preferi deixar pra lá. Agora vou fazer todo tipo de exame que o plano cobrir e se estiver tudo certinho entro em uma academia. Vou virar crossfiteiro só pra postar no Instagram (Tô zoando). Vou procurar uma academia pé de boi mesmo, tem umas 3 só nos quarteirões próximos onde eu moro, na que tiver menor preço entrarei.

Ainda vou morrer em uma grana na retirada de 2 sisos na arcada inferior, pois um está incluso e inclinado para fora (nem aparelho resolveria) e o outro nem desenvolveu. Sem falar que ainda irei fazer o raio-X para saber onde foi parar um da arcada superior, já que nem apontar apontou. Só na retirada desses 2 já sei que vou morrer perto de 1,2k. Vou por aparelho para corrigir a dentição que entortou graças a esses malditos dentes, mas a manutenção é barata, ser for paga em cash (que é o que eu vou fazer).

Ren and Stimpy retirando raízes dos dentes

Hobbies, Vida Social e Afins

Esse mês de outubro foi bem parado, apenas fui em alguns sítios na baixada. Vi gente feia aos montes e agradeci ao além por não ter nascido tão disforme quanto esse povo.

Estou articulando com uns conhecidos para ir em alguns eventos nerds comigo, pois não tenho coragem, já que nunca fui em um, mas iria não para ficar igual aos bobalhões que vão para comprar animes, bonequinhos, camisetas e etc. mas sim para caçar alguma fêmea, ultimamente tenho experienciado que garotas nerds são menos escrotas e coerentes que as de qualquer outro grupo extremamente populacional, mas que apesar de ganharem no quesito simpatia, alegria, serem interessantes e divertidas, perdem em na isometria facial e corporal (são menos belas). Mas isso é apenas questão de investimento, pois não existe mulher feia, existe mulher que não conhece o cartão de crédito.

Vida Profissional

Finalmente consegui um emprego, na verdade, voltar para um antigo. Como assim?! Você pode não ter lido esse post que eu falo sobre o networking, mas eu digo que vale muito a pena, isso não se ensina em lugar nenhum e de forma tão sucinta e fácil de entender. Tem autor espertalhão de sucesso que conseguiu escrever um livro inteiro com apenas uma das dicas que escrevi nesse post.

Voltando, um conhecido que tinha trabalhado não diretamente comigo, mas na mesma empresa terceirizada para um órgão público, tinha me mandado um WhatsApp informando que iria abrir uma vaga para o respectivo ralo de impostos. Fiquei todo alegre, pois já estava há mais de 8 meses desesperado procurando por vaga até de atendente em farmácia e sempre tomando um não.

Diminui até as qualificações do meu currículo, já que as vadias insistiam em dizer que eu era muito qualificado para a vaga.  Fiz várias versões de currículos, uns até que pareciam postagens de Twitter de tão simplificados que ficaram. E para minha surpresa, os que resultavam em uma entrevista eram exatamente aqueles com a pior formatação, mais simples e com escrita e vocabulário tão pobre quanto a de um aluno de escola pública que acabou de sair do fundamental.

Fiz 9 meses desempregado e a ansiedade, depressão e tristeza por não conseguir nem uma faxina só aumentavam. Com 10 meses eu já nem estava ligando tanto, pois o assunto dos jornais eram só as tretas que ocorriam nos feirões de emprego e suas filas que varavam a madrugada. Com 11 meses esse meu amigo me voltou com a atualização da vaga, que já estava para sair, mas que não tinha data, ele e um dos funças com quem eu mais me relacionavam me deram apenas o mês, outubro, isso já me acalmou, mas minha saga para conseguir um emprego continuava, afinal de contas sempre fui azarado e sempre me balizei de todas as alternativas possíveis para não dar sorte ao azar.

Quando de repente tenho um retorno de um RH de São Paulo. UÉ? Como assim? A entrevista seria por Skype para não ter qualquer custo. Seria a primeira vez que faria isso na vida, fico nervoso e no dia da entrevista já acordo com caganeira e pensando: E se der dor de barriga na hora da entrevista? Ela tinha marcado de manhã, só naquela manhã já tinha despejado umas 3 vezes. Quanto mais próximo o horário ficava mais nervoso eu ficava. Reativei meu perfil antigo e até testei ângulo de câmera, conversei com um amigo para ver se estava tudo nos trinques e estava eu lá preparado. Online, com camisa social só da cintura para cima. Estava tudo perfeito, como de costume, vadias de RH não são pontuais e com apenas 1 hora de atraso mandou uma mensagem querendo remarcar a entrevista para de tarde. PUTZ! Disse a ela que estava tudo bem, então já que fiquei esperando pela maldita entrevista que era um pouco antes do meio-dia,  almocei, completei a roupa e fui na rua entregar currículo nos endereços que estavam anunciando nos sites de empregos.

Voltando da rua, tomei um banho, me penteei, desamassei a roupa social, arrumei todo set novamente, verifiquei luzes, posição da câmera e etc. Estava tudo novamente perfeito. Quando chegou perto do horário, coisa de apenas 40 min de atraso, a senhora que iria me entrevistar me manda uma mensagem no Skype perguntado se poderia começar a entrevista. Respondi: Sim, podemos. Minha espinha gelou e agora seria a hora da verdade.

Um zulu aparece na câmera, a senhora começa a entrevista e o áudio, imagem, TUDO, saia picotado. Além de não conseguir ouvi-la nem pelo fone de ouvido que tirei rapidamente para não perder informações, mas para minha bela surpresa, até no fone externo estava impossível de entender, imagem que era transmitida para ela estava completamente escura. Eu tentava feito um louco girando a câmera para um lado, girando para o outro, tentando sem muito sucesso mostrar meu rosto, sem deixar aparecer a cueca ou o depósito de malas e caixas que ficam em cima do meu guarda-roupas. A luz nos testes estava perfeita, a conexão estava perfeita, mas naquele fatídico momento, tudo resolveu dar errado. Tentamos umas 2 vezes reconectar com vídeo, mas sempre era a mesma desgraça. Então tentamos apenas por áudio e foi a mesma coisa. E isso eu tentando disfarçar o meu fracasso, procurando uma solução para saber o que estava dando de errado. Porra minha internet é bem rápida, não estava com nenhum torrent aberto, não tinha nada conectado sugando banda. Quando então ela resolve continuar a entrevista por texto mesmo.

Inconformado, entro nas configurações do celular e descubro que O MALDITO RESOLVEU CONECTAR NO WIFI DO VIZINHO! Ele só faz isso quando estou chegando em casa ou a minha está sem internet. Mas não havia motivo para isso, exatamente naquela ocasião o desgraçado escolheu não trocar da rede mais fraca e distante pela mais próxima e forte, como qualquer outro dia comum.

A realidade não é fácil
A realidade não é fácil

Desesperado e sem contar o motivo da conexão estar tão ruim, pedi para voltar com a chamada de vídeo e tudo ocorreu bem, mesmo tendo meu guarda-roupas bagunçado como cenário de fundo. Afinal de contas era o único ângulo que era possível ver meu rosto. No dia seguinte ela me liga dizendo que eu tinha passado na entrevista e que era para comparecer no dia seguinte no local para a próxima etapa, mesmo sem saber, salário, benefícios horário e etc, pois preferi continuar com a entrevista do que pedir para ela repetir pela 10ª vez porque a conexão tinha cortado.

Chegando lá me surpreendi como o visual do prédio. Novíssimo, na zona sul do inferno de janeiro. Nem sabia no que a empresa trabalhava, um completo cego em tiroteio. Já estava achando que seria atendido por aquelas estagiárias gostosíssimas patricinhas igual de filmes, mas não, a realidade é sempre mais dura. Quem me atendeu seria a minha chefa superior direta, feia de doer, ela explicou sobre a empresa, salários e benefícios que eram muito bons por sinal. Estranhei porquê ela estava falando com tom de choro, soluçando e motivo porque eu estaria sendo contratado para substituir durante temporariamente por um mês o subordinado direto dela. O sujeito não estava gostando e queria procurar algo melhor, pois, apesar de ser uma empresa de investimentos a empresa consistia apenas do dono, ela o subordinado e possivelmente seria eu e mais ninguém. Iria ser um Severino que faz tudo e que a intenção era de substituir esse maluco, comprando um shampoo especifico em uma farmácia especifica, tirando todo dia extrato de todas as contas do bundão todo santo dia, rodar cartório e etc. Me passou uma péssima impressão, como eu já tinha quase como certo o emprego com os funças, conversei com meu amigo e decidi não aceitar aquela vaga temporária, já que no órgão público meu histórico seria a garantia certa de minha volta a instituição. Trocar o "certo" pelo temporário seria uma burrada enorme, sem falar que o período temporário iria bater com o início do novo emprego, mesmo sem ter nenhuma confirmação do mesmo. No dia seguinte a senhora do RH me liga perguntando como foi a entrevista, pois a contratada gostou muito de mim e estaria marcando a próxima entrevista com o dono, pois naquela ocasião eu não tinha o conhecido, já que o mesmo estava em viagem. Dispensei o emprego a muito contragosto e fiquei no aguardo do meu atual emprego (Mais detalhes em um próximo post).

Operações e Financeiro

TD praticamente estacionou novamente, me retornando apenas R$ 13,44 de juros, ficando mais um mês atrás na comparação de rendimentos. O papel MFII13 nem pagou um aluguel este mês. To só esperando algum louco por uma ordem de venda ou compra no booking de ofertas para botar minha ordem me livrando dela. A poupança como sempre fez vergonha e os FIIs mantiveram a estabilidade da carteira apesar dos rendimentos estarem em queda. Está difícil, mas vou segurando quem estiver com bons resultados.

Comparação de rendimentos

Foi um mês louco para quem investe em cryptomoedas, bitcoin parindo um fork a cada semana e só moeda lixo surgindo sem nenhuma diferenciação que justifique sua existência. Aqueles R$ 500 Bitcoin cash já viraram mais de R$ 670 de BTC original e puro, agora estou esperando outro fork para fazer trade em moeda alternativas. Deixei o Eobot de lado, pelo menos por enquanto, pois a comissão do site está muito alta e o rendimento bruto está muito baixo. Tentei minerar Curecoin nos computadores do trabalho, mas o proxy da rede bloqueia a conexão (Maldição). É uma boa moeda para quem tem pc fraco, pois ela não é pesada para minerar e os centavos caem todos os dias.

Dica: A melhor forma de comprar BTC é no mano a mano (P2P), não é preciso identificação e na maioria das vezes sai mais barato que em nossas casas de câmbio. Um bom grupo para encontrar vendedores pegar referências e tirar dúvidas é o Bitcoin Brasil no Facebook.

Finalizando essa bagaça...

A diferença em relação ao mês passado foi de 3,96%, representando em valores brutos R$ 444,47. Fechando Outubro com R$ 11.657,60 de Patrimônio líquido total. Exatamente 2,34% menor que no ano passado. Finalizando mais um mês em semi-zumbi mode e patrimônio voltando a crescer, sem contabilizar o salário do mês (que ainda não caiu), vale refeição (dá quase o salário do meu último emprego), PIS, FGTS, dinheiro na carteira e etc.

Divisão da grana Patrimônio Total
Rendimentos
Poupança R$ 5,22
Juros do TD R$ 13,44
Aluguéis FIIs R$ 43,70
Total do Mês R$ 62,36
Acumulado Anual R$ 725,48

Em 2018 irei voltar com tudo! Me aguardem!

Abraço a todos!

domingo, 15 de outubro de 2017

As implicações de robôs sexuais em nossa sociedade

Trago a vocês um assunto polêmico, não pela parte masculina, mas sim para os movimentos feministas e “especialistas”. Decidi escrever esse post após meu feed do Facebook ser tido enxurrada de comentários de mulheres revoltadas com essa notícia.

Absurdo: homens destroem e estupram robô sexual em feira em Barcelona
Boneco estava em exposição e acabou sendo estuprado por vários homens que deixaram o robô em pedaços.

Não só saiu nesse confiadíssimo portal de notícias, como também no Tecmundo e outros sites de tecnologia. Nas postagens “originais”, o texto não era tão absurdo, já que era apenas mais um objeto em uma exposição de uma feira de tecnologia, onde os visitantes podiam tocar na boneca, mover suas articulações e etc. Mas por falha de projeto e fragilidade nos componentes a boneca não aguentou a manipulação e quebrou. O polêmico estupro só ocorreu em postagens posteriores de outros portais de notícias não ligados a tecnologia.

Então resolvi escrever esse texto, não pelo suposto estupro, mas pelo chororô, vitimismo, lógica non sequitur e sofismas, nos comentários dessas postagens, pois todo mundo já está de saco cheio disso.

Quais seriam as implicações de bonecas/robôs sexuais em nossa sociedade no aspecto social e econômico?
Gigolo Joe e Gigolo Jane em IA - Inteligência Artifical
Gigolôs em AI - Inteligência Artificial

Implicações econômicas

O homem solteiro gasta menos – Esse é um fato incontestável, nos só gastamos com supérfluos quando é obrigado. Os maiores gastos do homem estão sempre ligados com a filosofia do Píton. O homem só faz as coisas para pegar mulher. Sem uma companheira, o nosso desodorante seria leite de magnésia. Roupas só compraríamos quando as mesmas já estivessem gastas, tênis e sapatos dos mais baratos possíveis, apenas para proteger os pés e sendo apenas 2 pares para intercalar e não ter chulé. Cabelo sempre raspado a máquina, ou grande, mas amarrado para não dar trabalho, barba a mesma coisa. Tudo lavado com sabão de coco ou qualquer outro em barra genérico. As únicas preocupações reais com gastos seriam com a higiene e saúde. Poucos eletrodomésticos e itens de cozinha, cama, mesa e banho, só o essencial e mais nada. Os Hobbies masculinos tem custos ínfimos, pois sempre são bastante baratos como trilhas, acampamentos, corrida, ciclismo, natação, lutas e etc.

O faturamento de restaurantes, boates, raves, casas de tolerância ou qualquer outro tipo de negócio que usa a isca feminina como atração da carteira masculina teriam seus lucros completamente minguados.

Indústria do casamento – O homem sem a pressão de uma companheira que quer mostrar para seu círculo social que não ficou para a titia, não tem nem a dor de cabeça e nem os custos exorbitantes que um casamento e um futuro divórcio podem trazer. Não é regra, mas é comum as mulheres se transformarem ao ter o papel passado. O relacionamento deixa de ser entre dois indivíduos, para ter um 3º envolvido que neste caso é o estado, este muito mais poderoso, coercitivo e imoral do que um relacionamento poderia tornar.

O homem sem a exigências de um casamento, não tem o porquê de gastar milhares de Cunhas em uma festa que será dada para os outros. Não terá que gastar em uma viagem de núpcias, não terá que entrar em financiamento de uma casa (quem casa quer casa), não terá de gastar com carro, roupa, decoração e tudo o que sua amada exigir após a assinatura da venda de sua alma. Já que agora estão em uma etapa “mais séria” do relacionamento. Como nossa cultura e sociedade está cada vez mais destruída, se não conseguirem um cafofo mesmo que seja de aluguel no bairro onde estão todos os conhecidos e parentes, será jogado todo santo dia em sua cara o quanto é fracassado por não conseguir uma moradia um bairro bom, só que ela não percebe que nosso atual dinheiro vale 10x menos que os dos nossos pais e menos ainda que de nossos avós. E que o custo da festa + vestido + comes e bebes seria o suficiente para dar a entrada para abater nas 360 parcelas do minha casa minha dívida. “ahh mas o dinheiro é dos dois...” Sim o dinheiro dos 2 é para ela e o que sobra é pra casa, Jão que se vire pra conseguir pagar as contas, o feminismo tirou a mulher de casa, mas não tirou da carteira do homem.

Como as atuais mulheres são tóxicas é certeiro que o feliz casamento não durará muito. Então entra o estado na equação, com seus advogados, defensores públicos, varas, tribunais, juízes e os mais diferenciados funças, tudo para arbitrar parcialmente um contrato que deveria ser apenas entre indivíduos. Depenando o Jão e deixando com dividas até a 3ª geração dele (caso ainda tenha energias para passar seus genes para frente).

O homem sem a armadilha do casamento não financia festas, viagens de núpcias, advogados e qualquer outro tipo de funça (pelo menos não nessa esfera). O homem livre é impossível de ser extorquido.

Indústria Infantil – Por procurar menos sexo biológico com humanos do sexo feminino. Menos crianças irão ser geradas, criando uma crise e reformulação da indústria de brinquedos, filmes, desenhos, fraldas, pomadas, lenços umedecidos e etc.

Com menos dinheiro circulando, menos impostos serão arrecadados, menos poderoso e manipulador o estado será. Sem dinheiro sobrando, os primeiros a perder seus gordos financiamentos serão as áreas artísticas, ONGs e todas as agências paraestatais. Ou o estado e seus agentes deixarão a máscara humanista de lado e irão demonstrar seu real interesse na escravização da humanidade, apertando o cerco para sonegadores, aumentando penas e tomando todos os meios de produção para si.

Implicações sociais

Diferente do que “especialistas”, cientistas¹ e feministas dizem, o homem não objetificará a mulher. Muito pelo contrário, por ser menos refém de sua libido (o homem tem 10x mais testosterona que a mulher), pois o sexo está sendo suprido, o homem deixará de dar tanta importância a elas, passando as tratar como elas realmente são – irritantes, inconvenientes, conflitantes, semelhantes a eunucos - tirando suas vantagens sociais e sexual sobre coisas triviais, acabando com o ginocentrismo, conquistando finalmente o objetivo tão sonhado do feminismo que é o de ferrar com a vida da mulher tornando-a igual ao homem.

Prova disso é essa reportagem de um japonês casado que tem 2 filhos e mesmo assim tem sua boneca sexual.

Japoneses encontram o amor em bonecas de silicone
Japonês aproveitando a paisagem com boneca sexual
Japonês aproveitando a paisagem com boneca sexual

A esposa como qualquer outra mulher, depois dos filhos (fim sexual feminino) deixou de comparecer e perdeu espaço para a boneca, hoje se lamenta, pois se limita apenas o trabalho doméstico. Ela não foi objetificada, desrespeitada, estuprada ou rejeitada, mas somente ignorada. Um relacionamento é feito de concessões. O sexo para o homem é o fim, para a mulher é o meio (filhos são a finalidade). O “barato” do homem acaba logo, por isso ele sempre está à procura de mais, o da mulher (geralmente) se completa na geração e criação dos filhos, por isso é muito mais duradouro. Se não há mais sexo, o relacionamento esfria, por isso o homem vai à procura de outras que possam suprir sua necessidade básica nos prostíbulos, arranja amantes ou mesmo se masturba. É um direito natural biológico do homem ser polígamo (Esther Vilar, 1976). Uma boneca dessas não passa de um grande consolo masculino sexual ou até mesmo afetivo, por causa da toxidade feminina atual.

Pirâmide de Maslow

Por isso apesar dos “especialistas”² ainda acharem incomum, matérias serem criadas com tom de deboche (Bonecas sexuais realistas prometem te fazer esquecer das mulheres de carne e osso; será?), até mesmo rechaçar os proprietários dessas bonecas como uma afronta a sociedade atual e usar de tom alarmista para uso de inteligência artificial. Pesquisas já mostram que mais da metade das pessoas não considerariam traição fazer sexo com essas bonecas.

Metade dos americanos acredita que fazer sexo com robôs será comum em 2067

O que mais afeta socialmente é a diminuição do consumo, arrecadação de impostos, controle da sociedade através da constante problematização de problemas que não existem, ou se existem são inflados para justificar o financiamento de intelectuais, ONGs e etc. Pois sem o governo, a livre iniciativa das pessoas nunca que iriam financiar intelectuais que nada produzem ou traz algo de positivo para a sociedade. (Rothbard, 1968). O coletivismo e escravização geral da humanidade cairá por terra. O homem não será mais escravo da mulher e suas manipulações, estas que são primeiramente manipuladas pelas “grandes mentes” influenciadoras e movimentos culturais, primeiras vítimas de engenharia social. Como escrito acima, pela filosofia de Píton o homem só faz as coisas é para conquistar mulher, principalmente seu sexo, sem o fator sexo na jogada, terão que deixar de serem eternas crianças carentes de proteção (Esther Vilar, 1976), para se desenvolverem intelectualmente e tornarem finalmente independentes, tendo que gerar atração pela sua personalidade e inteligência e não apenas em um corpo bonito. O que se torna mais um problema para os estatistas, já que a mulher deixaria de ser dependente do estado, clamando por cada vez mais “direitos”, sendo independente, diferente do que ocorre hoje, onde nossas leis só trocaram a carteira e tutela do homem, pela carteira e tutela coletivista do estado.

Como o demonstrado acima, a preocupação dos cientistas, não passam de preocupações financeiras travestidas de questões sociais, pois como um advogado de causa própria, se não há problemas para criar, não há porque eles receberem por suas pesquisas nas áreas sociais com sua pseudociência e cientificismo. Tanto que ainda não se popularizou e já estão querendo criar leis para restringir a fabricação e comércio (fonte no final).

A fabricação e comercialização desses robôs é inevitável na evolução humana, tanto que os filmes futuristas como Blade Runner e AI – Inteligência artificial, já cantou a bola, mostrando replicantes e androids realizando serviços sexuais. Humanos não se aturam desde de sempre, o comércio nos tornou mais tolerante uns aos outros, restrições só nós deixam mais pobres, infelizes e revoltados. A restrição da liberdade individual e o desrespeito a propriedade privada é a maior causa de violência e guerras, basta fazer a relação do número de homicídios com o índice de liberdade dos países. Restringir até esfera sexual dos indivíduos proibindo o amor (mesmo que simulado) de uma Inteligência artificial chega ser desumano.

Os bordéis austríacos com esse tipo de bonecas, já são realidade e são preferência entre seus frequentadores.

Ser contra a robotização sexual, é ser contra a liberdade do homem. A libertação de sua libido e a pacificação da sociedade.

Claro que o assunto é muito mais amplo que esse texto, se fosse escrever sobre todos os aspectos e implicações, nunca que terminaria. Só a quantidade de referências já dão uma boa introdução para o entendimento do assunto. Tudo o que podemos dizer é que se tem estatista achando ruim é porque é bom.


E o preço? Ah está cada vez mais acessível, já está mais barato que o financiamento de uma moto.

Abraços e até o próximo fechamento!

__
¹Os usos sexuais de robôs que estão preocupando cientistas
²Estudo aponta riscos relacionados ao uso de “robôs sexuais”
O Sexo Polígamo - o Direito do Homem a Duas Mulheres – Vilar, Esther (1976)
A Anatomia do Estado - Rothbard, Murray (1968)

domingo, 1 de outubro de 2017

Fechamento Set/17: R$ 11.213,13 ou +R$ 292,28 (2,68%)

Operações e Financeiro

TD finalmente recuperou o valor para acompanhar os outros investimentos. A subscrição MFII que comprei a R$ 106 virou o papel MFII13 e pagou um aluguel pífio de 0,28%.

Comparação de rendimentos

Me deu uma louca e resolvi gastar tudo que tinha de GHS no EOBOT, na mineração apenas de Bitcoin Cash. Rendeu apenas em alguns dias mais de R$ 500, mas como a volatilidade dessas moedas são altas o fechamento ficou próximo a R$ 430,00. Voltei a mineração apenas de GHS, mas pelo jeito vou demorar muito para voltar próximos aos 400 GHS. Ainda estou realizando testes para sabe o que dá e o que não tá certo. Estou com alguns centavos em Gridcoin, mas não contabilizei por ser um valor ínfimo.

Andei estudando sobre arbitragem, cartões de bitcoins e etc. E principalmente como não ser extorquido pelo governo. O cerco está cada vez mais apertado, não há sequer uma empresa brasileira que não faça negócios sem identificação. Emissoras de cartões pararam de emitir para o Brasil e outros países de economia fechada. Outra simplesmente aumentou tanto a taxa de depósito que inviabilizou a remessa de valores pro exterior. Os preços das moedas internacionalmente e no Brasil quase se igualaram inviabilizando financeiramente uma operação que tem tanta exposição. Vamos ver se a nova API de pagamento que a Google, M$, Mozilla estão fazendo irá facilitar o uso e a adoção das criptomoedas.

Finalizando essa bagaça...

A diferença em relação ao mês passado foi de 2,68%, representando em valores brutos R$ 292,28. Fechando Setembro com R$ 11.213,13 de Patrimônio líquido total. Exatamente 15,54% menor que no ano passado. Finalizando mais um mês em semi-zumbi mode e patrimônio estabilizado.

Divisão da grana
Patrimônio Total
Rendimentos
Poupança R$ 4,71
Juros do TD R$ 62,01
Aluguéis FIIs R$ 46,70
Total do Mês R$ 113,42
Acumulado Anual R$ 663,12

Mais um mês no sufoco, mas seguindo em frente.
Cirão da Massa explicando o funcionamento do bitcoin.

Abraço a todos!